25 fev 2006 - 18h21

Dia de Bruxo no Carnaval

O jogo foi no sábado de Carnaval, mas a sensação que as seis mil e quatrocentas pessoas que presenciaram a partida tiveram foi a de que havia uma forte presença do Bruxo na Kyocera Arena. Dois gols do Atlético anulados, um gol do Iraty marcado em posição duvidosa aos 49 minutos do segundo tempo quando a etapa teria apenas três minutos de acréscimo e nenhuma atitude contra o jogo violento do time do interior, que parou o Atlético nas faltas. Este é o balanço da atuação do árbitro Renato Vieira Júnior, que deixou o gramado vaiado e escoltado pela Polícia Militar.

É bem verdade que o Atlético não fez uma boa partida. A equipe jogou em ritmo de Carnaval. Carnaval curitibano, diga-se: sem criatividade, sem vontade e cumprindo não mais que a obrigação. O Iraty, ao contrário, entrou em campo determinado arrancar um bom resultado.

A melhor chance atleticana de abrir o placar nos primeiros minutos saiu dos pés de Dagoberto, aos 23 minutos. Ele recebeu passe de Denis Marques dentro da área e acertou a trave do goleiro Valter. Além de Dago, Ferreira também teve boas chances de marcar. Porém, o gol saiu da cabeça do inusitado artilheiro da equipe nesta temporada: o zagueiro Paulo André. Aos 44, ele aproveitou um cochilo da defensiva do Iraty e mandou de cabeça para o fundo da meta.

Arbitragem ruim

Até então, a arbitragem de Renato Vieira Júnior vinha errando somente no aspecto disciplinar. Para se ter uma idéia, basta dizer que ele mostrou apenas um cartão amarelo durante toda a primeira etapa (para o meia Mateus), mesmo com uma série de agressões violentas aos jogadores atleticanos. Em um lance pelo menos, Dagoberto sofreu falta grave de Ageu, que sequer foi advertido verbalmente. Mas na segunda etapa o que era ruim ficou ainda pior: os árbitros passaram a cometer erros técnicos também.

O jogo começou a esquentar somente aos 29 minutos, quando Ferreira recebeu bom lançamento de Simão, driblou o goleiro e marcou o segundo gol atleticano. Dois minutos depois, a zaga atleticana errou e Leandro descontou para o Iraty, aproveitando um vacilo do novato Alex. Logo em seguida, aos 32 minutos, Jancarlos marcou o terceiro gol atleticano, mas Renato Vieira Júnior anulou o gol marcando impedimento.

Sete minutos mais tarde, Dagoberto cobrou falta na cabeça de Alan Bahia, que estava tão seguro da regularidade do lance que ficou sem entender quando percebeu que o árbitro havia anulado mais um gol atleticano. Aos 44 minutos, Vieira Júnior indicou ao quarto árbitro que daria mais três minutos de acréscimo. Não foi o que ocorreu. Sem qualquer motivo legal para prolongar a partida, deixou o jogo correr até que o Iraty empatasse com Bruno, aos 49 minutos do segundo tempo (quatro minutos após o tempo regulamentar, portanto).

Constrangido, ordenou que o quarto árbitro levantasse a placa para indicar mais um minuto de acréscimo e encerrou a partida aos 50 minutos de jogo, sob vaias e desaprovação de todos os presentes.

%ficha=480%

Melhores momentos da partida

Primeiro tempo
07 min – Renaldo arrisca um chute de longe da área e Tiago Cardoso espalma para escanteio.
09 min – Dagoberto cobra falta na área, a bola desvia no zagueiro Maurício e quase engana o goleiro Valter, que consegue defender.
14 min – Moreno bate falta da entrada da área e leva perigo ao goleiro Valter, mas bola passa por cima da trave.
15 min – Mateus puxa contra-ataque pela direita, invade a área e bate cruzado. Tiago defende.
20 min – Alan Bahia e Dagoberto fazem boa tabela, mas último passe de Alan sai muito longo.
23 min – Denis Marques faz jogada de linha de fundo pela direita e cruza para a área. Dagoberto, da risca da pequena área, chuta forte e acerta a trave.
24 min – Dagoberto e Ferreira tabelam. Colombiano bate cruzado e desvia em Ageu antes de sair para escanteio.
27 min – Ferreira bate de fora da área e a bola passa por cima da trave, assustando o goleiro do Iraty.
41 min – Ferreira e Jancarlos fazem boa jogada pela direita e o meia chuta cruzado, mas Valter sai bem do gol e defende com o pé.
44 min – Gol do Atlético. Dagoberto cobra falta da área, Selmir desvia para o centro da área e Paulo André cabeceia para o gol.
46 min – Fim do primeiro tempo.

Segundo tempo
04 min – Moreno cruza, Selmir cabeceia e a zaga desvia para escanteio.
11 min – Dagoberto cobra falta da entrada da área e Valter faz boa defesa.
13 min – Após cruzamento na área, Diogo surge na frente do gol e perde uma chance incrível, batendo por cima da trave.
18 min – Denis Marques invade a área e chuta em cima da zaga.
20 min – Denis Marques toca para Ferreira, que bate por cima da trave.
29 min – Gol do Atlético. Ferreira recebe lançamento na área, dribla o goleiro e manda para o gol.
31 min – Gol do Iraty. Leandro aproveita vacilo da zaga e desconta de cabeça.
32 min – Jancarlos chuta cruzado e marca mais um, mas árbitro assinala impedimento e anula o gol
35 min – Cléo arriscou de longe, mas chutou para fora.
38 min – Simão faz boa jogada e toca para Cléo, que chuta na mão do goleiro.
39 min – Dagoberto cobra falta na área e Alan Bahia desvia de cabeça para o gol. Árbitro anula novamente, marcando impedimento do volante.
41 min – Excelente contra-ataque atleticano. Ferreira, Dagoberto e Alan Bahia fazem a jogada que termina com chute fraco de Cléo.
49 min – Gol do Iraty. Zaga atleticana falha e Bruno fica cara a cara com Tiago Cardoso para marcar.
50 mim – Fim do jogo.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…