5 mar 2006 - 15h41

Heber não deixou tradutor auxiliar Lothar

O árbitro Heber Roberto Lopes não permitiu a permanência do tradutor Klaus Junginger no banco de reservas. Antes da partida contra o Cianorte começar, Heber se dirigiu ao técnico Lothar Matthäus e pediu a saída do intéprete. Quem auxilia Lothar durante o jogo é o médico atleticano Marco Pedroni, que fala italiano, uma das línguas dominadas pelo treinador. Já Klaus, assiste a partida de dentro do ônibus atleticano.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…