12 mar 2006 - 18h01

Técnico interino foi pouco ousado nas substituições

O auxiliar técnico Vinícius Eutrópio comandou o Atlético no banco de reservas neste domingo no jogo contra a ADAP, no estádio Roberto Brzezinski. Ele exerceu a função em virtude da viagem do técnico Lothar Matthäus para a Europa. Ele não retornou a tempo de dirigir o Furacão no primeiro jogo das quartas-de-final do Campeonato Paranaense.

Apesar de manter praticamente a mesma escalação do último jogo com a presença de Matthäus (apenas com a alteração do goleiro Tiago Cardoso por Cléber), Vinícius Eutrópio não adotou o mesmo estilo nas substituições. O interino foi bem mais comedido e preferiu não arriscar.

A ADAP abriu o marcador logo no início do jogo, o que fez com que o Atlético passasse a maior parte do jogo atrás no marcador. Mesmo assim, Eutrópio realizou a primeira substituição apenas aos 32 minutos do segundo tempo, quando o jogo já estava empatado por 1 a 1. Ele sacou o atacante Pedro Oldoni e colocou Selmir em seu lugar, mantendo o esquema tático de apenas um avante de ofício.

Depois, o auxiliar trocou o volante Erandir pelo também volante Cristian, preferindo não arriscar ofensivamente. O castigo veio aos 40 do segundo tempo, quando Marcelo Peabiru marcou o segundo gol da ADAP. Diante disso, Vinícius Eutrópio fez uma mudança aos 43 minutos do segundo tempo, colocando Denis Marques no lugar de Alan Bahia. O Atlético teve dois atacantes (Selmir e Denis) durante apenas cinco minutos.



Últimas Notícias

Brasileiro

Mais do mesmo

Pela rodada 18 do Brasileirão, em Bragança Paulista, Bragantino 1 x 0 Athletico. Em mais uma jornada com a horrenda camisa amarela, o Athletico precisava…

Sul-Americana

Tá ruim mas tá bom

Pela repescagem (ou playoff) da Sul-Americana, no Paraguai, Cerro Porteño 1 x 1 Athletico. No segundo jogo de Martin Varini no comando técnico do Athletico,…