13 mar 2006 - 13h41

Onaireves Moura é preso por sonegação fiscal

O presidente da Federação Paranaense de Futebol, Onaireves Nilo Rolim Moura, foi preso preventivamente na manhã desta segunda-feira. O Ministério Público Federal em Ponta Grossa pediu a ordem de prisão, que foi expedida pela Justiça Federal em Ponta Grossa e cumprida pela Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Moura era sócio majoritário de duas empresas que exploravam bingos em Ponta Grossa e é acusado de cometer crimes, com o apoio de outras seis pessoas, de falsidade ideológica (oito vezes), sonegação de tributos federais e formação de quadrilha.

Onaireves Moura e seus sócios Marcos Antonio da Silva, Elilton Dias Coradassi, Airton José Dias Coradassi, Bento de Oliveira Bueno, Renato Assis Rolim de Moura e Jair Leite foram denunciados pelo MPF em fevereiro deste ano. De acordo com o que foi apurado pela Receita Federal em Ponta Grossa, entre 1999 e 2004 eles constituíram as empresas Sport House Franquias Ltda e Bingo Campos Gerais Ltda, por meio da interposição de "sócios laranjas" (na maioria empregados das próprias empresas), para a exploração permanente de jogos de bingos em Ponta Grossa.

De acordo com o MPF, os sete beneficiaram-se diretamente dos lucros obtidos com a exploração dos jogos permanentes de bingos. Calcula-se que, no período, o valor de tributos federais sonegados pela quadrilha foi de R$ 3.289.800,70.

Mais uma vez

Esta é a segunda vez que o presidente da FPF é preso pela Polícia Federal. Em 2000, ele foi detido por apropriação indébita de recursos previdenciários e cumpriu pena na Penitenciária de Piraquara.

Reportagem: assessoria de imprensa da Procuradoria da República no Estado do Paraná (adaptada pela Furacao.com). Com informações do site FutebolPR.



Últimas Notícias

Notícias

Já faz um ano….

Neste dia 04 de março faz exatamente um ano que o torcedor atleticano viu o Furacão de perto, ao vivo e em cores dentro da…