14 mar 2006 - 10h44

Petraglia teria reclamado da ausência de Dago

De acordo com a Tribuna do Paraná/Estado do Paraná, o dirigente Mario Celso Petraglia teria cobrado do auxiliar técnico Vinícius Eutrópio o motivo pelo qual ele não escalou o atacante Dagoberto na primeira partida entre ADAP e Atlético, pelas quartas-de-final do Campeonato Paranaense. Segundo a matéria do jornalista Rodrigo Sell, Petraglia chamou a atenção de Eutrópio, que teria liberado o jogador sem consultar o departamento médico. Dagoberto teria reclamado de dores musculares ao interino, que o liberou do jogo.

Clique aqui para conferir a reportagem completa no portal Paraná-Online.



Últimas Notícias

Notícias

Já faz um ano….

Neste dia 04 de março faz exatamente um ano que o torcedor atleticano viu o Furacão de perto, ao vivo e em cores dentro da…