17 mar 2006 - 22h26

Saída de treinador muda planos de divulgação do clube

O Atlético não perdeu apenas o seu treinador com o pedido de demissão de Lothar Matthäus nesta sexta-feira. O clube perdeu também sua principal ferramenta de marketing para divulgar o nome do Furacão no exterior. Afinal, desde que começou a se especular o nome do alemão como futuro técnico do time, o Atlético ganhou destaque no exterior.

Outra idéia do clube era aproveitar a Copa do Mundo, na Alemanha, para divulgar a sua marca. Durante o Mundial (de 9 de junho a 9 de julho), Matthäus seria liberado para trabalhar como comentarista para uma TV alemã. Paralelamente, ele também serviria como uma espécie de “garoto-propaganda atleticano” durante a Copa.

“Sem dúvidas faremos uma campanha muito forte durante a Copa na Europa”, planejava o diretor de Marketing do Atlético, Mauro Holzmann, logo após o acerto de contrato com Matthäus.

Na apresentação de Matthäus, Holzmann afirmou que a idéia do clube era justamente explorar o nome e a fama de Matthäus para se projetar no exterior. "O marketing do Atlético começará daqui para frente. Eu acredito que o Matthäus deva ser uma das quatro ou cinco figuras mais importantes do futebol mundial, junto com Pelé, Beckenbauer e Zico. O Atlético consegue ter uma exposição internacional que um clube que não é do centro do país não tinha ainda. Isso é que vamos aproveitar", disse no dia da apresentação de Matthäus.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Tá ruim mas tá bom

Pela repescagem (ou playoff) da Sul-Americana, no Paraguai, Cerro Porteño 1 x 1 Athletico. No segundo jogo de Martin Varini no comando técnico do Athletico,…