18 mar 2006 - 23h11

Eutrópio e Cléber foram expulsos no primeiro tempo

O Atlético estava perdendo para a ADAP por 2 a 1 e dois gols já haviam sido anulados pelo árbitro Antonio Denival de Moraes. A tensão da equipe estava alta, mas atingiu o auge quando, aos 37 minutos do primeiro tempo, Cristian chutou forte para dentro da área e a bola desviou no zagueiro Dezinho e entrou.

Para a revolta da torcida e da comissão técnica do Furacão, o bandeira Roberto Braatz assinalou impedimento de Rodrigão, que simplesmente não teve nenhuma participação na jogada. Quando a comissão e os jogadores rubro-negros viram a bandeira erguida, foram todos para cima da arbitragem.

Nessa confusão, o árbitro Antônio Denival de Moraes acabou expulsando o técnico interino Vinícius Eutrópio e o goleiro Cléber, que estava no banco de reservas. Com a expulsão de Vinícius, quem assumiu o comando do time foi o preparador físico Riva de Carli.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Aleluia!

Pela rodada 13 do Brasileirão, no Barracão, Vitória 0 x 1 Athletico. Vindo de uma sequência horrorosa de resultados o Athletico precisava se recuperar no…