18 mar 2006 - 19h33

Revoltados, atleticanos protestaram nos minutos finais

Os pouco mais de 13 mil atleticanos presentes na tarde deste sábado no Kyocera Arena não esconderam a revolta e a decepção com a eliminação precoce do time no Campeonato Paranaense. Nos minutos finais do jogo, os gritos de “timinho!”, “time sem-vergonha” e “queremos jogador!” foram o que prevaleceram na Baixada, substituindo as tradicionais músicas de incentivo que sempre acompanham a nação atleticana. Para contrastar, a cada toque de bola do time do ADAP, gritos de “olé!” ecoavam das arquibancadas.

Alguns jogadores também foram vítimas da ira da torcida. O goleiro Tiago Cardoso, que falhou feio no primeiro gol da partida, e os atacantes Dagoberto e Denis Marques foram os principais alvos. Tiago deixou o campo sob os gritos de “Frangueiro! Frangueiro!”. Para provocar o atual goleiro do time, os torcedores presentes no setor Buenos Aires Inferior lembraram ainda do ex-goleiro atleticano Diego.

Denis Marques já havia sido vaiado logo que entrou em campo, aos 13 minutos do 2º tempo. No final, teve que mais uma vez ouvir os gritos de protesto que andam acompanhando o atacante nos últimos meses. E Dagoberto, substituído por Denis no 2º tempo sentindo uma contusão no joelho, também não escapou da revolta dos torcedores, que comandaram o coro de “ero, ero, Dagoberto pipoqueiro!”.



Últimas Notícias

Notícias

Já faz um ano….

Neste dia 04 de março faz exatamente um ano que o torcedor atleticano viu o Furacão de perto, ao vivo e em cores dentro da…