23 mar 2006 - 14h24

Michel Bastos e Dagoberto farão exames no HCor

O atacante Dagoberto e o lateral-esquerda Michel Bastos podem passar por cirurgias em seus joelhos esquerdos na próxima semana. Na partida contra a ADAP, no último sábado, os dois atletas deixaram o campo sentindo fortes dores. A contusão de Dagoberto nada tem a ver com a lesão nos ligamentos, que o deixou de fora dos gramados por pouco mais de um ano. O jogador tem uma lesão no menisco medial, mas ainda será submetido a novos exames para uma melhor avaliação.

Já o lateral Michel Bastos sentiu fortes dores em um lance ainda no primeiro tempo do jogo, quando foi atingido pelo zagueiro adversário. No início da semana, exames apontaram uma lesão no menisco lateral do joelho esquerdo. O jogador deve passar por uma artroscopia na próxima semana.

O Departamento Médico do Atlético esclarece que os dois atletas serão encaminhados ao Hospital HCor, em São Paulo, onde serão avaliados pelo médico René Abdalla. As opiniões do especialista e dos médicos atleticanos devem definir sobre as cirurgias. O Hospital HCor é parceiro clínico do Furacão. A previsão é de que os atletas estejam de voltas aos gramados em 30 dias, contando a partir do dia das cirurgias.

HCor

O Atlético mantém um convênio com o HCor (Hospital do Coração), de São Paulo, desde o ano passado. Apesar do nome, o HCor é hoje um hospital que não se restringe à cardiologia, atendendo a diversas especialidades médicas, inclusive a medicina esportiva. Em 1999, foi fundado o Centro de Ortopedia e Reabilitação no Esporte do HCor (CORE), que conta com os mais modernos equipamentos para testes, fisioterapia e reabilitação esportiva, e desenvolve trabalhos de avaliação e reabilitação pré e pós-cirurgias ortopédicas e cardíacas.

De acordo com o site do HCor, "o CORE é reconhecido internacionalmente e credenciado pela Sociedade Mundial de Artroscopia, Cirurgia do Joelho e Traumatologia do Esporte (lSAKOS), e é um dos poucos locais do Brasil credenciados por essa sociedade para treinamento de futuros profissionais, tendo sido referendado no último jornal da entidade". Além do Atlético, o CORE do HCor também mantém convênios com outras equipes de futebol, como São Paulo, Palmeiras, Santos e São Caetano.

O médico René Jorge Abdalla é um dos responsáveis pelo setor de Ortopedia do CORE e especialista em tratamento de joelhos. Foi ele quem operou o goleiro Rogério Ceni, o atacante Grafite, o lateral-direita Maurinho,

Reportagem: site oficial do Atlético (trecho sobre o HCor inserido pela Furacao.com)



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…