28 mar 2006 - 19h03

Equipe realizou dois coletivos no 4-4-2

O técnico Givanildo Oliveira comandou dois treinos coletivos e escalou a equipe do Atlético no esquema tático 4-4-2, com dois zagueiros e dois volantes. Nas últimas partidas, o Rubro-Negro atuou no sistema 3-5-2, com três zagueiros. A escalação não foi divulgada para a imprensa, que novamente não pôde acompanhar os trabalhos no CT do Caju. Givanildo só revelou o nome de um jogador que participou do time titular: o meia Fabrício, que foi escalado no lugar de Evandro, que está suspenso para o jogo contra o Volta Redonda. Durante o treino, Simão entrou no lugar de Fabrício e também foi testado na função de armador.

A imprensa especula que a equipe tenha sido a seguinte: Cléber; Jancarlos, Danilo, Paulo André e Moreno; Bruno Lança, Erandir, Fabrício e Ferreira; Rodrigão e Denis Marques.

Após o treinamento, Givanildo conversou com a imprensa e apontou os defeitos da equipe: "O problema é geral. Se o time não chega e não cria situacões de gol, isso me preocupa. Outra coisa é a marcação, o time está sofrendo muitos gols. Foram seis gols em três jogos. Mas essa preocupação está acabando".

Esquema

Apesar de ter treinado o time no esquema 4-4-2, Givanildo disse que ainda não decidiu como será a formação tática para o jogo da Copa do Brasil, no dia 5 de abril. "Fizemos dois coletivos no 4-4-2, mas vou lembrar de novo: isso não impede que a gente jogue com três zagueiros, porque esse é um esquema que está sendo muito utilizado no Brasil. Isso tudo depende do material humano. Nestes dois coletivos conheci os jogadores. A partir de sexta-feira vou começar a colocar o time que eu pretendo colocar contra o Volta Redonda", afirmou.

Givanildo viajará para Recife nesta quarta-feira, mas tem retorno previsto já para sexta. Ele deverá comandar pelo menos mais dois treinos coletivos neste final de semana. "No sábado ou no domingo nós devemos ter mais um coletivo", informou.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…