29 mar 2006 - 14h34

Matthäus volta atrás em suas justificativas

O alemão Lothar Matthäus voltou atrás nas justificativas dadas por ele logo para abandonar o posto de técnico do Atlético Paranaense, no início de março. "Não houve problemas familiares. Aconteceram algumas coisas lá que eu não podia aceitar", disse o recordista em jogos pela seleção alemã à agência de notícias alemã DPA, sem citar maiores detalhes.

Os problemas não tiveram nada a ver com o trabalho em campo, garantiu o ex-técnico da seleção húngara e do Partizan Belgrado. "Vi que posso trabalhar com a mentalidade dos jogadores, mas nem tudo à volta funcionou conforme o esperado", disse Matthäus, de 45 anos.

O técnico havia iniciado seus trabalhos em Curitiba em janeiro. Seis semanas depois, declarou seu trabalho por encerrado e deixou o Brasil. Após ficar algum tempo desaparecido, justificou o fim abrupto do engajamento no Atlético Paranaense alegando saudades da família, que havia ficado na Europa.

Reportagem: Deutsche Welle



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…