30 mar 2006 - 9h41

Manchetes atleticanas desta quinta-feira

Givanildo faz um cara a cara com atletas e cartolas
Problemas emocionais? Isso é trabalho para o “Cabeça de Navio” resolver. Desde que chegou ao CT do Caju e assumiu o comando do Atlético, o técnico Givanildo de Oliveira implantou seu método sério e direto. Com ele, é na lata. Sem rodeios, e mesmo com o apelido esquisito, fala abertamente com jogadores e com a diretoria sobre o que quer do Rubro-Negro e garante que os maus resultados nos jogos contra a Adap e Volta Redonda não vão influenciar a seqüência da temporada.

 

Atlético e Matthäus lavam roupa suja via internet
Quase um mês após o fim da relação, Atlético e Lothar Matthäus começaram a lavar a roupa suja. Primeiro o ex-craque deu uma declaração intrigante à agência de notícias alemã DPA: “Não houve problemas familiares. Aconteceram algumas coisas lá que eu não podia aceitar”, afirmou, contrariando tudo o que foi amplamente divulgado anteriormente.

 

Matthäus dá outra versão para sua saída do Atlético-PR
Diferente do que foi divulgado na época, a esposa de Lothar Matthäus pode não ter sido a responsável pela saída do alemão do Atlético-PR. Em entrevista à agência de notícias DPA, o ex-treinador negou que tenha deixado o Furacão por problemas familiares.

 

Fabrício será novidade no Atlético
O meia Fabrício deve ser a grande novidade na equipe do Atlético, que enfrentará o Volta Redonda no jogo de volta da Copa do Brasil, na quarta-feira. O técnico Givanildo de Oliveira acenou com a mudança e a manutenção do esquema 4-4-2 antes de viajar para resolver problemas pessoais.

 

A história continua mal contada
Essa história toda continua muito mal contada. Muitos dizem que o técnico Lothar Matthäus abandonou o barco por causa da esposa. Ontem, o próprio treinador fez questão de derrubar essa hipótese. Segundo o alemão, “aconteceram coisas lá que não dá para admitir”.

 


Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…