1 abr 2006 - 11h16

Washington comemora 31 anos

Ele virou ídolo em pouco tempo, ganhou o coração da torcida atleticana e até hoje desperta saudade na galera. Verdadeiro fenômeno dentro de campo, ele assinalou nada menos que 44 gols em 49 jogos com a camisa do Atlético e se consagrou na artilharia do clube ao lado de Sicupira, Jackson, Cireno, Oséas e Paulo Rink.

Conhecido como “Coração Valente”, Washington comemora neste sábado 31 anos de idade. Natural de Brasília, ele começou a carreira no Brasília, atuando nas categorias de base. Sempre marcando muitos gols, o jogador passou pelo Caxias, Internacional, Grêmio, Paraná Clube, Ponte Preta e Fenerbahçe, da Turquia.

Atlético

Em 2003 Washington foi apresentado como reforço do Atlético para o Campeonato Brasileiro. Porém, 19 dias depois, o atacante foi reprovado nos exames cardíacos e não pôde fazer parte oficialmente do elenco. Foi aí que o clube disponibilizou toda a estrutura do CT do Caju e o corpo médico para acompanhar a recuperação do centroavante. Seis meses depois, quando ele completava 365 dias desde a sua operação, Washington já estava treinando, participando dos coletivos e marcando gols. Um mês depois, exames liberaram o atleta para a prática esportiva, pondo fim a um sofrimento de mais de um ano.

Milhares de torcedores presentes na Arena da Baixada no dia 8 de fevereiro de 2004, numa partida contra o Paraná Clube, presenciaram o retorno do homem-gol. Washington marcou o primeiro da partida, foi abraçado no centro do gramado por todos os companheiros e teve o seu nome gritado pela torcida, que aplaudiu de pé a superação do jogador.

Foram 10 gols no Paranaense e 34 no Brasileiro, fazendo com que Washington se tornasse o maior artilheiro atleticano em Brasileiros numa só edição, ultrapassando Kleber e Alex Mineiro com 17 gols cada um e também o maior artilheiro em todas as edições do Campeonato Brasileiro.

Coração Valente no Japão

Depois de brilhar com a camisa atleticana, Washington se transferiu para o Verdy Tokyo. Recebido com status de grande ídolo pelo clube, logo na estréia o atacante marcou dois gols e ajudou a equipe a conquistar a Supercopa do Japão. Porém, o time acabou sendo rebaixado na J-League, apesar da boa fase de Washington, autor de 21 dos 35 gols da equipe na competição. A fama de artilheiro chamou a atenção do Urawa Reds Diamonds, que contratou o jogador para a temporada 2006.

Em fevereiro, o atacante conquistou o título da Supercopa Japonesa, o segundo título de Washington pelo clube, pois no início do ano ele já havia conquistado o título da Copa do Imperador, logo em sua estréia pelo clube. Atualmente, o Urawa é um dos líderes da Nabisco Cup. Já na J-League, Washington já marcou quatro gols em cinco partidas disputadas.

A Furacao.com parabeniza o jogador e lhe deseja muita saúde, sucesso e felicidades!



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…