4 abr 2006 - 1h26

Ações anti-pirataria são intensificadas

O Clube Atlético Paranaense tem tomado fortes atitudes no combate à falsificação de produtos. Nos últimos meses, o Rubro-Negro intensificou as buscas e denúncias contra lojas e fábricas. Somente na última semana, o Atlético conseguiu apreender 243 produtos em quatro lojas do centro de Curitiba. Mas não é somente na capital paranaense que o Rubro-Negro tem lutado contra a pirataria. O Atlético tem buscado acabar com os produtos falsos também em outros Estados.

As ações já deram resultados. Estabelecimentos em cidades como Balneário Camboriú, Matinhos, Vidal Ramos (Santa Catarina) já foram notificados. Apesar de todo o controle atleticano, algumas empresas insistem em vender produtos piratas e serão novamente notificadas.

Visando diminuir as ações de ambulantes e lojas que insistem em vender produtos falsificados, o Atlético lançou o Projeto "Varal", no ano passado. Este projeto tem como objetivo oferecer produtos oficiais de qualidade e baixo custo aos torcedores. O Atlético criou, juntamente com um parceiro licenciado, três modelos de camisas para venda exclusiva para ambulantes. A parceria foi feita com a Sublipar (Agnaldo Lapa de Sousa ME). Desde o início do projeto, o Clube Atlético Paranaense constatou uma significativa queda na pirataria e uma grande valorização do produto licenciado.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…