5 abr 2006 - 9h20

Paranaense no vazio

O alto preço dos ingressos é o principal motivo para explicar a baixa média de público no Campeonato Paranaense. A enquete realizada semana passada pelo site Furacao.com comprova que 43% dos torcedores deixam de prestigiar seus clubes por causa do alto valor cobrado nas bilheterias.

Além do preço elevado, muitos torcedores acreditam que os ingressos do Campeonato Paranaense deveriam ter um valor reduzido, se comparado com outras competições, já que o estadual tornou-se um campeonato sem muitos atrativos. "Um dos motivos (do afastamento do torcedor dos estádios) é o regulamento. A primeira fase é longa, monótona e classifica quase todos. A segunda fase é altamente injusta: quase sempre os melhores ficam de fora. Atualmente a única fórmula aceitável, para a sobrevivência desse campeonato, é a de pontos corrridos, onde o que conquistar mais pontos é o campeão", afirmou o torcedor Elói, que deixou um comentário na enquete da Furacao.com.

A falta de estrutura dos times do interior também afasta os torcedores dos estádios. Não há interesse em assistir a jogos de times que não estão disputando nem a Série C do Campeonato Brasileiro. "Os times do interior deveriam disputar (o Paranaense) no ano inteiro. Os finalistas deveriam participar do Sul-Minas como era anteriormente: sucesso de público e renda", comentou um torcedor que preferiu não deixar o nome no nosso sistema de dados.

Outros problemas

Os próprios dirigentes dos clubes inferiorizam o Campeonato Paranaense, desmotivando inclusive os jogadores, que passam a se preocupar apenas com as outras competições. O próprio Atlético usou o Estadual como uma pré-temporada e não empolgou a torcida – apesar da média de público nos jogos na Kyocera Arena ultrapassar os 5 mil rubro-negros.

Até a arbitragem afasta a torcida. Essa é a opinião do atleticano Hélio Rubens. "O torcedor atleticano não quer ver seu time disputando uma competição desacreditada como o estadual, em que sempre pairam dúvidas em relação à arbitragem. A organização pela FPF, em que a maioria dos times sequer disputam a Série C do Brasileiro, e principalmente não existe uma rivalidade, uma tradicional disputa acirrada entre times da capital e interior. Anos seguidos nesta condição fazem do nosso campeonato um campeonato morno, sem atrativos para o torcedor comum, somente os mais ligados ao seu time procuram ir aos jogos e prestigiar".

Fórmulas complicadas, baixo nível dos adversários, arbitragens duvidosa e arquibancadas vazias. Essa é a rotina do Campeonato Paranaense. E o pior: ano que vem, lá por janeiro, o Rubro-Negro vai ter que estar presente. De novo!



Últimas Notícias