6 abr 2006 - 0h24

Sem Giva, Santa perde invencibilidade de 45 jogos

Enquanto Givanildo Oliveira sofria com a apresentação do Atlético em sua estréia no comando técnico do time, seu ex-clube também passava maus bocados. O Santa Cruz, que foi dirigido pelo treinador durante um ano e três meses, perdeu para o Sport por 2 a 1 no primeiro jogo da final do Campeonato Pernambucano

O resultado foi ruim porque deixa o Rubro-Negro a um empate do título. Mas, além disso, a derrota em casa quebrou uma invencibilidade de 45 partidas. A última derrota do Santa Cruz no Estádio do Arruda havia sido em 16 de agosto de 2004, para o Avaí. Com Givanildo no comando, o time disputou 37 partidas em seu reduto e não perdeu sequer uma vez. Depois que o técnico deixou o clube e acertou com o Atlético, o Santa fez mais três jogos em casa, com um empate, uma vitória e, agora, uma derrota.

Atleticanos

O Sport venceu o Santa com a colaboração de quatro jogadores atleticanos, que atuaram como titulares: o zagueiro Durval, os meias Rodriguinho e Welington e o atacante Anderson Aquino. Welington teve participação decisiva. Foi dele o primeiro gol aos 16 do segundo tempo, cobrando pênalti, e o cruzamento para Everton ampliar, sete minutos depois. Carlinhos Bala descontou para o Santa, que não perdia para o rival Sport há exatos dois anos.



Últimas Notícias