7 abr 2006 - 11h42

Reformulação à vista

O Atlético deverá promover uma reformulação em seu elenco de jogadores nos próximos dias. As surpreendentes eliminações precoces no Campeonato Paranaense e na Copa do Brasil escancaram as deficiências técnicas do time e a necessidade de reforços para o Campeonato Brasileiro. Assim que chegou ao clube, o técnico Givanildo Oliveira declarou que faria uma análise do grupo para só então pensar em reforços. Logo após o término do jogo contra o Volta Redonda, sua estréia no comando da equipe, Givanildo já tratou do tema, revelando que conversaria com a diretoria para pedir alguns jogadores.

"Já tenho meu pensamento sobre o que fazer. A gente vai conversar com a direção do Atlético e ver o que precisa", informou o técnico. Durante a última semana, ele já havia dado pistas sobre as posições carentes do elenco. Mencionou a pouca quantidade de laterais, zagueiros e volantes. Por isso, é provável que seja priorizado o setor defensivo no processo de reforço do plantel.

Os próprios jogadores atleticanos sabem que o grupo precisa ser fortalecido para o Campeonato Brasileiro. "Se o time fosse suficientemente bom, não teria saído de duas competições. Não estou falando que é ruim. Mas lógico que reforços vão ajudar", disse o atacante Rodrigão, um dos seis jogadores contratados pelo Atlético para esta temporada.

Nomes especulados

Givanildo adiantou que não falaria em quantidade de jogadores com a diretoria, mas indicaria alguns nomes e aguardaria a decisão final dos dirigentes em função das possibilidades do clube. Nos últimos dias, a imprensa tem especulado vários nomes. O zagueiro Glauco e o atacante Marcos Aurélio, do Bragantino, parecem ser os que estão mais próximos de um acerto com o Furacão. De acordo com o assessor Antonio Carletto Sobrinho, o Rubro-Negro tem prioridade para contratar os dois jogadores.

Além deles, foram citados nos veículos de comunicação os nomes dos seguintes atletas: Wesley (meia, Atlético Goianiense), Leandro (atacante, Iraty) e Fábio Luís (atacante, Aparecidense). Os dois últimos foram artilheiros do Campeonato Paranaense e do Campeonato Goiano, respectivamente. Sobre Leandro, Carletto confessou que se trata de uma negociação complicada. "É um jogador interessante, mas existem outros clubes interessados. Ele pertence ao Iraty e o Atlético não tem preferência neste caso", revelou o dirigente.

Já o meia-atacante Wesley foi um dos destaques do Atlético Goianiense no Estadual deste ano, mas pertence ao Gama. O jogador foi oferecido ao Atlético, mas o clube ainda não o avaliou. "Temos um bom relacionamento com o pessoal do Gama e do Atlético Goianiense e eles nos ofereceram esse jogador. Mas eu confesso que ainda não tive tempo de observá-lo com mais calma. Tenho de olhar melhor esse jogador antes de poder dizer alguma coisa", disse Carletto.

Após o jogo contra o Volta Redonda, circulou nas rodas de conversas atleticanas a informação de que o clube estaria contratando um volante que atua no futebol italiano. A noticia foi publicada nas edições desta sexta-feira da Gazeta do Povo e da Tribuna do Paraná. De acordo com o que a Furacao.com apurou, o atleta seria Rodrigo Taddei, ex-Palmeiras e Siena e que atualmente está na Roma. Apesar de estar em boa situação profissional, Taddei estaria querendo voltar a morar no Brasil.

Possíveis liberações

Além de contratar reforços, é muito provável que o Atlético libere alguns atletas que atualmente compõem o elenco principal. Isso porque algumas posições contam com muitos jogadores, que sequer vêm tendo oportunidades para jogar. Dentre os nomes especulados para deixar o clube estão os do atacante Selmir e os dos volantes Cristian e Erandir, este último titular da equipe. Selmir teria recebido uma oferta de um clube sul-coreano e pode ser novamente emprestado. Já Cristian interessa ao seu ex-time, o Paulista, que deseja seu empréstimo para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Erandir chegou a ser cotado para ser emprestado, mas a opinião de Givanildo Oliveira pode garanti-lo no elenco. Alguns atacantes também devem ser liberados, pois hoje o Atlético conta com dez atletas especialistas na posição: Caetano, Cléo, Dagoberto, Denis Marques, Herrera, Pedro Oldoni, Ricardinho, Rodrigão, Selmir e Willian.

Jogadores contratados pelo Atlético em 2006: Herrera (atacante, Al Ittihad), Carlos Alberto (lateral-direita, Itabuna), Válber (meia, Moto Club), Rodrigão (atacante, Santo André), Willian (atacante, Guarani) e Erandir (volante, Fortaleza)

Jogadores que retornaram de empréstimo a outros clubes em 2006: Bruno Lança (volante, Reggina), Simão (meia, Brasiliense), Cléo (atacante, Figueirense), Ricardinho (atacante, Marília), Michel Bastos (lateral-esquerda, Figueirense) e Cléber (goleiro, Santa Cruz)

Jogadores que deixaram o Atlético ao final de 2005/início de 2006: Juninho (zagueiro, Ceará), Rodriguinho (meia, Sport), David (meia, Marília), Ney Santos (lateral-direita, Sport), Adriano (meia, Internacional), Schumacher (atacante, Ascoli), Anderson Aquino (atacante, Sport), Marcão (lateral-esquerda, Kawasaki Frontale), Lê (atacante, Marília), Netinho (meia, Náutico), Juliano (meia, Nacional-POR), Thiago Almeida (meia, Bragantino), Andrey (goleiro, Figueirense), Marcus Winícius (volante, Bragantino), Diego (goleiro, Fluminense), Finazzi (atacante, Fortaleza), Marín (lateral-esquerda, Nacional de Medellín), André Conceição (volante, Guarani), Adriano (zagueiro), Douglas (volante, Paulista), Beto (lateral-esquerda, Paulista), Ticão (volante, Sport), Durval (zagueiro, Sport), Aloísio (atacante, São Paulo) e Lima (atacante, São Paulo)



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…