O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
10 abr 2006 - 17h47

Previsões de Paulo Cesar Teixeira

Após a prematura desclassificação também da Copa do Brasil pelo Atlético na última quarta-feira em pleno estádio Joaquim Américo Guimarães (prefiro assim chamá-lo), logo lembrei do prenúncio redigido pelo torcedor Paulo Cesar Teixeira (e olha que ele não é profeta) alguns dias atrás através da coluna do “Fala, atleticano” no conceituado site da torcida atleticana Furacão.com, onde retratou não só a sua, mas a preocupação de grande parte da torcida em relação a trajetória desastrosa que estava por vir.

Trecho da coluna, escrita em 15/03/2006 entitulada “O alemão foi embora”:

“Se tudo isso não for o suficiente para começar a repensar nos rumos que o clube deverá tomar, é só esperar o jogo de volta contra o ADAP e o jogo de ida contra o Volta Redonda. Aí a casa já deve ter caído, a vaca ter ido para o brejo e nós continuando a ouvir dos dirigentes que a “ilha da fantasia” continua numa boa.

Chega de enganação e vamos ser honestos com os torcedores que pagam um dos ingressos mais caros do país para assistir o seu time de coração jogar. Vamos respeitar essas pessoas que se dignam a sair de seus lares para apoiar este time mal acabado, sem pé e nem cabeça. Vamos ser leais aos que tanto doam-se para este clube de uma forma direta ou indireta. Vamos ser realistas e deixar de sonhar e de mascarar os fatos.”

Estava o colunista Paulo Cesar usando de uma bola de cristal? Acredito que não, apenas usou o bom senso em seu comentário deixando seu aviso, seu recado de torcedor aos que “comandam” e dão rumo ao Clube Atlético dos Paranaenses.

“O destino é irreversível, implacável, e homem algum poderá mudá-lo.” Discordo. O destino é mutável e cada um poderá mudar o seu. Se quiser. Para se mudar o destino é necessário mudar a linha de pensamento ou fazê-lo funcionar com três pilares de sustentação: razão, sentimento e vontade.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

O que já sabíamos!

“Já se sabe que foi um erro o que aconteceu, os amistosos não terem acontecido, e não ter disputado o Estadual porque a preparação ficou…