14 abr 2006 - 0h35

Na elite dos pontos corridos

A partir deste fim-de-semana, as atenções de todos os torcedores do país se voltam para o Campeonato Brasileiro de futebol, que entra em sua quarta edição com a fórmula dos pontos corridos. As novidades ficam por conta do número de participantes (são 20 clubes, numa fórmula considerada ideal e definitiva). Com quatro equipes sendo rebaixadas para a segunda divisão, mais do que nunca cada jogo, da primeira à última rodada, ganha o caráter de decisivo.

Este ano, teremos um estreante em pontos corridos na elite do futebol nacional. Trata-se do Santa Cruz, totalizando 28 clubes que já participaram em quatro edições desse tipo de competição.

No campeonato nacional mais disputado do planeta, a fórmula dos pontos corridos começa a definir alguns grupos de clubes que melhor se adaptaram a essa nova sistemática de disputa. Coincidentemente, são as equipes mais estruturadas do futebol brasileiro. Um grupo seleto, que tem o Atlético como representante do futebol paranaense.

Em três anos de pontos corridos, o Atlético jogou 134 partidas, com 60 vitórias, 27 empates e 47 derrotas. Marcou 236 gols e sofreu 186. Usando-se como critério a classificação final da competição nos últimos três anos conforme a CBF (portanto, levando-se em conta todas as decisões do STJD), apenas sete clubes conseguiram somar mais de 200 pontos no campeonato. São eles: Santos (235 pontos), São Paulo (218 pontos), Internacional (217 pontos), Cruzeiro (216 pontos), Corinthians (211 pontos), Goiás (211 pontos) e Atlético (207 pontos).

O Furacão é destaque também quando o assunto é gols marcados e sofridos, tendo o terceiro melhor ataque nesse modelo de competição e a sexta melhor defesa. No total, o Atlético marcou 235 gols na “era pontos corridos” e sofreu 186. O Santos é o time com melhor poderio ofensivo, com 264 gols marcados, e o São Caetano tem a melhor defesa, com 146 gols sofridos.

Fator Arena decisivo

Mas quando o assunto é jogar em casa, ninguém supera a força do Caldeirão. Com um retrospecto de 67 jogos, com 43 vitórias, 13 empates e 11 derrotas, o Atlético é o melhor mandante da história do Campeonato Brasileiro por pontos corridos até aqui. É também o mandante que mais venceu e tem 70,64% de aproveitamento em casa.

Jogando na Baixada, o Furacão fez 150 gols (melhor ataque ao lado do Santos como mandante) e sofreu 73, tendo 77 gols de saldo na Kyocera Arena.

Confira a classificação da “Era Pontos Corridos” do Campeonato Brasileiro:

Classificação geral:

1 – Santos – 235 pontos
2 – São Paulo – 218 pontos
3 – Internacional – 217 pontos
4 – Cruzeiro – 216 pontos
5 – Corinthians – 211 pontos
6 – Goiás – 211 pontos
7 – Atlético – 207 pontos
8 – São Caetano – 185 pontos

Ataque:

1 – Santos – 264 gols
2 – Cruzeiro – 244 gols
3 – Atlético – 236 gols
4 – São Paulo – 235 gols
5 – Goiás – 231 gols
6 – Corinthians – 202 gols
7 – Inter – 197 gols

Defesa:

1 – São Caetano – 146 gols
2 – Inter – 165 gols
3 – Corinthians – 176 gols
4 – São Paulo – 177 gols
5 – Goiás – 182 gols
6 – Atlético – 186 gols
7 – Santos – 189 gols

Prêmio iBEST 2006

Se você tem algum comentário ou sugestão para a série de reportagens da Furacao.com sobre o Atlético em Campeonatos Brasileiros, entre em contato com nossa equipe.

Se você gostou desta matéria, clique aqui e vote na Furacao.com no Prêmio iBEST 2006.



Últimas Notícias