18 abr 2006 - 6h01

Manchetes atleticanas desta terça-feira

Fabrício projeta volta ao time do Atlético
“Alguns jogadores têm andado abatido, isso é nítido.” A constatação é do meia Fabrício, que ainda deu um sopro de vida ao time do Atlético na partida contra o Fluminense, mas não conseguiu impedir a derrota. De acordo com ele, o Rubro-Negro precisa voltar a vencer para dissipar as nuvens negras que insistem em permanecer sobre a Baixada. Elogiado pelo treinador, ele poderá ser uma das novidades na equipe para a partida contra o Santos, domingo, na sequência da equipe no Campeonato Brasileiro.

 

O Atlético no divã
Abandono de técnico, time sem comando por muito tempo, eliminações inesperadas contra clubes menores, isolamento da mídia, pressão da torcida… Não é à toa que os problemas emocionais do Atlético ficaram evidentes aos 15 minutos de jogo na derrota de domingo para o Fluminense. O Rubro-Negro, que começou bem a partida, desmoronou ao ver o adversário abrir o placar na Arena.

 

Atlético-PR vai trabalhar psicológico dos jogadores
Nos próximos dias o Atlético-PR deve começar a fazer um trabalho psicológico de preparo para o Brasileirão. Pelo menos é o que pensa o técnico Givanildo de Oliveira. Para o treinador, os jogadores estão com o emocional abalado pela série de derrotas no início da temporada e as eliminações da Copa do Brasil e do Paranaense.

 

Reforços do Atlético podem parar no Palmeiras
Os dois jogadores que estavam mais perto de um acerto com o Atlético podem acabar no Palmeiras. O presidente do Bragantino, Marcos Chedid, revelvou ontem que recebeu uma proposta do clube da capital paulista pelo atacante Marco Aurélio e o zagueiro Glauco. Segundo o dirigente, o Rubro-Negro entrou em contato há duas semanas e estudou a contratação da dupla.

 

Atlético quer recuperação nos jogos longe da Arena
A crise parece não querer sair da Arena da Baixada. O jejum de vitórias dura mais de 40 dias e o time não triunfa em casa há mais de dois meses, período que aumentou após a derrota para o Fluminense, na abertura do Brasileirão. Agora, o time espera reforços e aposta numa recuperação em miniturnê fora do Paraná.

 

Aumenta a crise no Atlético Paranaense
A cada dia que passa, aumenta a crise no clube da Baixada. O time, que era praticamente imbatível na Arena, virou saco-de-pancadas em seu estádio e parece que a paciência da torcida acabou.

 


Últimas Notícias