24 abr 2006 - 16h52

Botafogo será mais ofensivo contra o Atlético

A delegação do Botafogo retornou ao Rio de Janeiro nesta segunda-feira e os jogadores já mostravam estar pensando no confronto do próximo sábado, às 18h10, contra o Atlético, no Maracanã, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Todos admitiram que o empate sem gols com o Paraná Clube, em Curitiba, na noite de domingo, foi um grande resultado, mas que, dentro de casa, o triunfo é fundamental.

Pensando nisso é que o técnico Carlos Roberto vai promover mudanças para tornar a equipe mais ofensiva. “Tenho a semana toda para trabalhar com o elenco e pensar na melhor maneira de vencer o Atlético Paranaense. Trata-se de um adversário que deverá jogar no nosso erro, esperando o Botafogo buscar o ataque. Por isso é preciso encontrar uma fórmula para pressionarmos ao longo dos 90 minutos”, analisou Carlos Roberto.

Uma mudança já é certa. O lateral-direito Ruy, que cumpriu suspensão automática contra o Paraná Clube por ter sido expulso na estréia, retorna. Dessa maneira, o volante Marcelo Uberaba, que jogou improvisado no setor, ficará como opção no banco de reservas. A grande questão porém será quanto ao terceiro homem de meio-campo.

Atuando em casa é provável que o treinador abra mão de um dos três volantes para a entrada de Joílson ou de Gláuber, que dariam maior poder de criatividade ao time, que se recente ainda da ausência do lesionado Lucio Flavio. Nesse caso, o mais cotado para deixar a formação titular é Ataliba.

“Não entendo que o time vá ficar mais ofensivo apenas porque vou tirar um volante para escalar um meia. Mas se tiver que fazer isso, farei criando mecanismos para que surta o efeito desejado. Uma coisa porém é certa, o Botafogo será um time que vai buscar o ataque ao longo dos 90 minutos contra o Atlético Paranaense. Jogando em casa, temos a obrigação de vencer num campeonato de pontos corridos como é o Brasileiro”, disse Carlos Roberto.

O elenco botafoguense volta aos treinos nesta terça-feira, mas a tendência é que a equipe seja definida somente no coletivo de quinta-feira à tarde, o último antes do confronto com o Furacão. O time paranaense é o penúltimo colocado, sem ter pontuado no Brasileiro.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…