29 abr 2006 - 20h12

Pedro Oldoni assume a artilharia e faz história

Com os três gols marcados neste sábado, diante do Botafogo, o atacante Pedro Oldoni assumiu a artilharia do Campeonato Brasileiro 2006. o Atlético venceu a partida por 4 a 0, e Pedro fez três primeiros gols (um de barriga, um de pé esquerdo, aproveitando um rebote do goleiro e um de pé direito, escorando cruzamento de Evandro). O primeiro gol do jovem atacante, de 20 anos, havia sido contra o Fluminense, na primeira rodada. Na ocasião, ele também marcou aproveitando um rebote.

O camisa 9 foi o autor de quatro dos cinco gols do Atlético neste Brasileiro. Para ele, liderar a tabela de artilharia do campeonato é algo fantástico. "Foi maravilhoso, fizemos um jogo muito bom. Nossa equipe jogou direitinho, fez tudo o que o professor pediuAcho que a gente saiu de uma fase ruim, agora vamos jogar contra o Inter na Baixada e esperamos conseguir mais uma vitória", cometou o avante.

Curiosamente, a última vitória do Furacão antes do jogo contra o Bota havia sido justamente em uma partida em que Pedro teve ótimo desempenho. Na goleada sobre o Cianorte por 5 a 1, o atacante fez sua estréia no Atlético e assinalou dois gols.

Em sua carreira profissional, Pedro Oldoni realizou sete jogos e marcou seis gols. No Brasileiro, ele marcou quatro gols. Logo abaixo do atleticano na artilharia do Brasileirão estão cinco jogadores, todos com dois gols: Wagner (Cruzeiro), Schwenk e Soares (Figueirense), Rogério Ceni (São Paulo) e Morais (Vasco).

Gols históricos

Além de assumir a artilharia do Brasileirão, o atacante Pedro Oldoni igualou, neste sábado, uma marca já estabelecida por outros grandes jogadores: a de o maior artilheiro do Furacão em um único jogo de Campeonato Brasileiro.

Os outros jogadores com três gols pelo Furacão em uma única partida são: Cabral (3 x 2 Londrina – 1977), André (4 x 2 Grêmio – 1991), Oséas (4 x 1 Paraná – 1996), Kléber (6 x 3 Bahia – 2001), Alex Mineiro (3 x 2 Fluminense – 2001 e 4 x 2 São Caetano – 2001), Jadílson (4 x 0 Juventude – 2002), Ilan (4 x 1 Flamengo – 2003, 3 x 1 Corinthians – 2003), Jadson (5 x 0 Corinthians – 2004 e 5 x 0 Atlético-MG – 2004), Washington (4 x 1 Juventude e 6 x 0 Goiás – 2005), Dagoberto (4 x 1 Fluminense – 2005) e Finazzi (5 x 4 Cruzeiro – 2005).



Últimas Notícias