O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
3 maio 2006 - 13h41

Chega de urucubaca!

Até que enfim, um encontro com a vitória, e que vitória! Ainda mais dentro de um local sagrado, o Maracanã. Conheci o maior do mundo no início do ano. Realmente é impressionante o quanto a paixão do futebol te cativa lá dentro, mas a paixão atleticana é incomparável, pois a nossa torcida demonstra bem mais amor do que as do Rio de Janeiro, que quando o time vai mal, só xinga!

A expectativa é que agora o Atlético continue rumando o caminho das vitórias, e a próxima deverá ser domingo, contra o Saci (Inter). Pedro Oldoni mostrou que não tem um rosto bonitinho, “só futebol pra agradar mulherada”, mas sim é um jogador de talento. Humilhou a estrela solitária. Que bom que eles ainda tremem perante um Rubro-negro. Quase que Oldoni foi embora, que catástrofe seria.

Agora é ver se Gilvanildo (Lampião) se segura no cabo da “pexêra.” Ver se o time vai continuar assim ou se é somente mais uma brisa de alegria, que passa como o vento faz na areia, e voltamos a derrotas e o temor da segundona retorne ao nosso pensamento. A torcida no próximo domingo tem que lotar a Arena e ferver como nunca o molho do caldeirão, para espantar Saci, Urucubaca e Exú! Neste domingo estarei na capital e espero que o Atlético conte com meu apoio no grito!

O único problema de nós atleticanos hoje é se preocupar com o desempenho do time, cobrar da diretoria, jogadores e da própria torcida. Pensem, o problema dos cocoxas ainda é pior, porque além de se preocupar em se manter na liderança, eles tem que rezar pra chegar na primeirona, e depois rezar mais ainda pra vencer do Furacão, imbatível como de costume.



Últimas Notícias

Libertadores

Vamos, oh meu Furacão

Os pouco mais de 1.800 km que separam Curitiba de La Plata começaram a ser enfrentados por centenas de atleticanos desde o último fim de…