6 maio 2006 - 0h03

Dagoberto está empolgado com seu retorno

Nesta sexta-feira, o CT do Caju abriu a última janela para a imprensa antes do jogo contra o Internacional, domingo, às 16h, na Kyocera Arena. Todas as terças e sextas-feiras, dois ou mais jogadores escolhidos pela assessoria de imprensa do clube, e o técnico, participam de uma coletiva, após o treino. O lateral-esquerda Ivan e o atacante Dagoberto foram os jogadores escolhidos para responder as perguntas.

O lateral-esquerda Ivan, que foi titular na vitória por 4 a 0 sobre o Botafogo, no último domingo, afirmou que apesar de o Internacional ser um bom time, o objetivo do time é conquistar esses três pontos diante da torcida atleticana. “É um jogo difícil, pois sabemos que o Inter vai jogar para ganhar. Porém, depois do jogo que fizemos contra o Botafogo, creio que vamos buscar os três pontos em casa e não deixar mais escapar. A gente precisa vencer o jogo e quer ganhar os três pontos. Vamos procurar a vitória durante todo o jogo”, declarou Ivan.

Apesar do retrospecto de partidas contra o time gaúcho em casa não ser favorável, em 6 jogos, foram quatro vitórias coloradas, contra duas atleticanas, além de ter sido o primeiro time a ter vencido o Furacão em casa por 2 a 1 em 1999, Ivan garantiu que ninguém está pensando em retrospecto, e sim, em obter a vitória para a torcida atleticana. "Temos que esquecer o retrospecto. O Atlético começou mal o campeonato e temos que esquecer qualquer retrospecto para fazer as pazes com a torcida já neste jogo,” disse o lateral.

Ivan ficou onze meses afastado dos gramados, voltou a vestir a camisa do Rubro-Negro na partida contra o Santos, e já contra o Botafogo foi titular. Além da alegria de voltar a jogar, o jogador acabou de se tornar papai. Segundo ele, o filho Pedro, está lhe trazendo muita sorte. “Estou muito feliz e é uma emoção dupla por eu também estar voltando a jogar” afirmou o jogador.

Dagoberto volta ao time

Outro que também está feliz por voltar aos gramados é o atacante Dagoberto. Considerado um dos melhores atacantes brasileiros da atualidade, Dagoberto anda vivendo o pesadelo de qualquer jogador: contusões. A última o deixou 45 dias afastado dos gramados. Mas agora o jogador só tem uma coisa na cabeça: voltar a jogar. "Estou muito feliz e tranqüilo para que eu possa dar uma seqüência à minha vida. Espero jogar, pois a vontade é muito grande,” afirmou o atacante.

Essa vontade e o talento do jogador renderam declarações do atual técnico da seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira, que disse que o atacante poderá vestir a amarelinha na Copa de 2010. Sobre essa declaração, Dagoberto, declarou que ela o motivou a jogar cada vez melhor para um dia quem sabe vestir a camisa da seleção. "Eu já estava muito feliz pelo fato de voltar, mas ouvir e ver isso me deixa muito feliz e empolgado para trabalhar a cada dia e buscar meus objetivos” disse Dagoberto.

Se de um lado o também atacante Pedro Oldoni já havia declarado sua vontade de jogar do seu lado, Dagoberto fez vários elogios ao futuro companheiro de ataque e declarou que se der, dará o passe para ele marcar o gol. “É um cara que está começando, mostrando seu potencial e ele é um cara muito humilde. Se a bola sobrar eu vou dar um toque para deixar ele ou qualquer outro em uma posição para fazer o gol,” garantiu o jogador.

O atacante ainda não sabe se irá agüentar os 90 minutos, mas garantiu estar pronto para jogar. “Eu estou pronto para jogar, esse é o meu objetivo. O quanto eu vou jogar, vou dizer dentro de campo, se cansar ou puder ir mais um pouco, é questão de jogar no domingo. Estou muito empolgado e querendo mostrar meu futebol que há tempos não estou conseguindo, mas vou fazer o melhor e quando cansar falo com o Givanildo”, finalizou Dagoberto.



Últimas Notícias