6 maio 2006 - 14h20

Manchetes atleticanas deste sábado

Giva exige a vitória contra o Colorado
O Atlético tem a obrigação de ganhar do Internacional, amanhã, na Arena. A opinião é do técnico Givanildo Oliveira, preocupado em manter o embalo ganho com a goleada por 4 a 0 sobre o Botafogo no Rio de Janeiro. Ele teme que, caso o Rubro-Negro não quebre o jejum de quase três meses sem vitória diante da torcida (três empates e duas derrotas), as cobranças e a insegurança voltem a atrapalhar.

 

Givanildo confirma Dagoberto contra o Internacional
Agora não tem nem como o técnico Givanildo de Oliveira esconder o jogo no CT do Caju. O atacante Dagoberto volta ao Atlético contra o Internacional após 50 dias afastado devido a uma lesão no menisco do joelho esquerdo. Assim, Erandir deixa a equipe

 

Dagoberto contra o jejum de três meses
O Atlético pode completar três meses sem vencer um jogo na Baixada. A última vitória no estádio foi em 8 de fevereiro, pelo Campeonato Paranaense, quando derrotou o Rio Branco, por 3 a 2. Desde então, foram cinco jogos: duas derrotas e três empates. Foi nesse período de jejum e jogando em casa que a equipe amargou duas eliminações vergonhosas: para a Adap, nas quartas-de-final do Estadual, e para o Volta Redonda, na segunda fase da Copa do Brasil.

 

Atlético-PR e Inter duelam em Curitiba
Atlético Paranaense e Internacional apostam em suas promessas quase já consagradas para o jogo deste domingo, às 16h, na Kyocera Arena, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O rubro-negro Dagoberto e o colorado Rafael Sobis, que tentam se firmam depois de sofreram contusões, são as armas dos dois times para o confronto.

 

Atlético de olho no atacante Thiago Gentil
O próximo reforço do Furacão da Baixada para a sequência do Campeonato Brasileiro deverá ser um refugo do Santa Cruz. O atacante Thiago Gentil, dispensado pelo clube pernambucano por falta de capacidade técnica, foi indicado pelo técnico Givanildo Oliveira à diretoria rubro-negra. Os dois já trabalharam juntos no próprio Santa Cruz e, apesar da sua má fase, o treinador garante que ele tem potencial para vestir a camisa rubro-negra.

 


Últimas Notícias