7 maio 2006 - 20h53

Bola do título de 2001 foi doada ao Atlético

Um clima de muita alegria. Foi nessa atmosfera que aconteceu a doação da bola do título do Brasileiro de 2001 ao Clube Atlético Paranaense. A cerimônia de entrega aconteceu neste domingo, antes da partida contra o Internacional. O presidente do Conselho Gestor do Atlético, João Augusto Fleury da Rocha, recebeu o “troféu” das mãos dos pequenos torcedores atleticanos Luiz Henrique Marques, Matheus Socha Meira e Breno Trautwein Neto.

Quem conseguiu a bola, utilizada no segundo jogo da final, em São Caetano, foi o aposentado Sigmar Sellúcio. Ele usou suas habilidades como goleiro para agarrar a bola lançada para as arquibancadas pelo zagueiro Nem. Quando voltou para Curitiba, Sigmar deu a bola de presente para seus netos Luiz Henrique e Breno. Neste ano, os dois decidiram doar a bola para o clube.

Assim como seu sogro Sigmar, o bancário Volmar Marques também esteve presente em São Caetano. Segundo ele, o gesto foi um presente para a torcida atleticana. “A bola é um patrimônio maior para a torcida do Atlético do que para minha família. Agora a bola faz parte da história”, afirmou.

O presidente Fleury agradeceu o presente e ressaltou a bela a atitude dos garotos. “Dividir com toda a torcida atleticana um objeto que era muito importante para eles foi uma atitude louvada e que demonstrou muita solidariedade”, disse.

Para representar o agradecimento do Atlético, além de receber uma placa de honra ao mérito, os garotos receberam uma bola e uma camisa oficial autografada pelos jogadores do Rubro-Negro.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…