7 maio 2006 - 19h14

Mais uma derrota no Caldeirão

As expectativas da torcida eram as melhores possíveis. Tirando o frio da tarde curitibana, tudo conspirava em favor do Atlético neste domingo. Para começar, o craque Dagoberto estava de volta à equipe titular. Além dele, o colombiano Herrera figurava pela primeira vez no banco de reservas. Os jogadores estavam animados com a vitória por goleada sobre o Botafogo, mas conscientes de que era preciso jogar sério para derrotar o Inter. Para completar, o adversário mandaria a campo um time misto, pois a preocupação maior neste momento era com a Libertadores.

Mas bastou a bola começar a rolar para as 18 mil pessoas que foram à Kyocera Arena perceberem que o dia não terminaria bem. Logo aos 2 minutos, Cléber evitou o gol do Inter em chute à queima-roupa de Michel. Nem o susto fez a defesa tomar jeito e, em nova falha, o Inter balançou a rede pela primeira vez aos 11 minutos. Sorte que Michel estava impedido e que, desta vez, a arbitragem agiu corretamente, anulando o gol.

A insistência colorada, aliada às falhas atleticanas, acabou sendo premiada. Aos 19 minutos, o colombiano Rentería recebeu a bola em posição de impedimento e disparou em direção ao gol, tocando na saída de Cléber e abrindo o marcador. O próprio Rentería perdeu uma excelente chance para ampliar dez minutos depois, pegando mal na bola em um cruzamento de Michel.

O Atlético até tentou atacar o Inter, mas criou pouquíssimas chances de gol. Por isso, o empate acabou caindo do céu para a equipe de Givanildo Oliveira. Aos 38 minutos, Dagoberto cobrou escanteio, a zaga gaúcha falhou, e Danilo fuzilou a rede de Clêmer, para delírio da Arena.

Faltou muita coisa

O segundo tempo começou em ritmo menos acelarado que a primeira etapa. Um dos lances decisivos do jogo aconteceu aos 17 minutos. Dagoberto invadiu a área pela esquerda e foi derrubado por Bolívar, mas o árbitro Luiz Marcelo Vicentim Cansian nada marcou e ainda advertiu verbalmente o atacante rubro-negro.

Quinze minutos mais tarde, Cansian deu um pênalti para o Inter e acabou decidindo o resultado da partida. Frágil, o sistema defensivo atleticano permitiu que Iarley arrancasse livre para o gol. O último recurso do zagueiro Paulo André foi cometer a falta na entrada da área. Porém, a árbitra assistente Maria Eliza Correia Barbosa assinalou pênalti e Cansian foi no embalo. Jorge Wagner cobrou bem e garantiu a vitória do Inter.

Nos últimos minutos, o time gaúcho dedicou-se a cometer faltas para evitar o avanço atleticano, que ainda tentou com Dagoberto e Alan Bahia, mas não conseguiu evitar a derrota por 2 a 1. O torcedor deixou a Arena com a certeza de que a arbitragem foi decisiva para a derrota atleticana, mas com a sensação de que ainda falta muita coisa para o Furacão dar alegrias à imensa nação rubro-negra no Brasileirão 2006.

%ficha=490%

Melhores momentos da partida

Primeiro tempo
02 min – Na falha da zaga, Michel fica na cara do gol e chuta forte, mas Cléber faz excelente defesa e manda a escanteio.
11 min – Perdigão cruza para a área, Cléber espalma e Michel, em impedimento, completa para o gol. O árbitro assinala o impedimento e anula o gol.
19 min – Gol do Internacional. Em posição de impedimento, Rentería dispara em direção ao gol e bate na saída de Cléber.
22 min – Jorge Wagner bate cruzado de fora da área, para fora.
27 min – Evandro cobra escanteio na cabeça de Alan Bahia, que cabeceia para defesa de Clêmer.
29 min – Michel aproveita falha de Alex, invade a área e cruza para Rentería. Totalmente livre, o atacante bate por cima da trave.
32 min – Ivan bate forte de fora da área e Clêmer espalma.
38 min – Gol do Atlético. Dagoberto cobra escanteio da direita, zaga falha e Danilo enche o pé para empatar o jogo.
42 min – Rafael Sobis bate bem, mas Cléber espalma.
43 min – Atlético assusta o Inter em ataque pela direita.
46 min – Fim do primeiro tempo.

Segundo tempo
12 min – Dagoberto arrisca de longe, mas chuta para fora.
13 min – Edinho chuta forte de fora da área, Cléber faz boa defesa.
15 min – Boa jogada do ataque atleticano. Ferreira cruza para Pedro Oldoni, mas Clêmer chega antes.
17 min – Dagoberto passa pela marcação e é derrubado por Bolívar na área, mas o árbitro não marca o pênalti.
21 min – Inter tem boa chance, mas Paulo André dá um carrinho e evita conclusão de Rafael Sobis.
33 min – Paulo André comete pênalti em Iarley e é expulso.
35 min – Gol do Internacional. Jorge Wagner bate rasteiro no canto direito de Cléber.
47 min – Dagoberto tabela com Herrera, recebe na frente e bate para fora.
49 min – Fabrício cobra escanteio da direita e Alan Bahia pega de primeira, mas manda por cima da trave.
50 min – Fim da partida.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…