9 maio 2006 - 11h42

Givanildo Oliveira permanece no comando

Depois de cogitar entregar o cargo de técnico do Atlético, Givanildo Oliveira retomou o dia-a-dia de trabalhos no CT do Caju e deu indícios de que permanecerá no comando da equipe pelo menos até o próximo jogo, contra o Santa Cruz, em Recife. No último domingo, após a derrota em casa para o Internacional, Givanildo revelou à imprensa que faria uma reflexão sobre seu futuro. "Vou pensar nesta segunda-feira se vou ficar ou não. Se não me mandarem embora e se achar que não tenho condições de levar o trabalho adiante, com certeza eu entrego o cargo", declarou ele na entrevista coletiva após o jogo.

Nesta segunda-feira, o técnico trabalhou normalmente no CT do Caju. Comandou um treinamento coletivo aos jogadores que não participaram da partida contra o Inter. Procurado pela imprensa, preferiu não conceder nenhuma entrevista, avisando que falaria somente nesta terça-feira, um dos dias em que a imprensa pode conversar com a comissão técnica e jogadores do Atlético.

De qualquer maneira, há uma série de indícios de que Givanildo considerou que não é o momento de entregar o cargo e que a diretoria rubro-negra continua apostando no seu trabalho. Comenta-se que o fato de a próxima partida ser contra o Santa Cruz, justamente o ex-time de Givanildo, possa ter pesado em favor do técnico. Como ele conhece muito bem a equipe pernambucana e goza de grande prestígio em seu estado natal, isso seriam armas importantes em favor do Atlético no próximo compromisso.

Apesar disso, a situação de Givanildo Oliveira no Atlético permanece delicada. Caso o time não realize uma apresentação convincente em Recife, é possível que o comando técnico do Atlético sofra mudanças.



Últimas Notícias

Paranaense

Atletiba acaba empatado

Coritiba e Athletico ficaram no empate de 1 X1 no Couto Pereira no final da tarde, quase noite pelo Paranaense 2024. Mastriani abriu o placar…