12 maio 2006 - 21h48

Para Alan Bahia, segredo é marcação no meio-campo

O Atlético pode ter mudanças em sua formação tática na partida deste domingo, contra o Santa Cruz. A dúvida do técnico Givanildo Oliveira está no sistema defensivo, já que não poderá contar com o zagueiro Paulo André, que cumpre suspensão. Assim, João Leonardo pode ganhar uma oportunidade (e o time manter a formação no 3-5-2), ou então Givanildo saca um homem da defesa e arma o Rubro-negro no 4-4-2.

Para o volante Alan Bahia, que tem o papel de auxiliar no ataque e principalmente de fazer a marcação no meio-campo, independente do esquema escolhido pelo técnico Givanildo Oliveira, os jogadores têm que estar alertas para qualquer ação do adversário. "Uma ajuda na marcação sempre é bom, mas isso fica a critério do técnico. Independente do esquema que ele optar, nós temos que estar preparados para realizar um bom trabalho", disse o jogador.

Alan garantiu que uma marcação forte em cima dos jogadores do Santa Cruz pode parar o time pernambucano, que tem no seu elenco atletas muito velozes. "Vamos enfrentar uma grande equipe, de qualidade, com jogadores muito rápidos na frente. Por isso temos que ter uma boa marcação para conseguir que os gols saiam lá na frente" afirmou o volante.



Últimas Notícias