20 maio 2006 - 11h29

Manchetes atleticanas deste sábado

Dia do Caldeirão voltar a ferver
Já são 101 torturantes dias. Nunca o Atlético ficou tanto tempo sem vencer na Arena, nem mesmo contando os intervalos entre competições. O jogo de hoje contra o Goiás, às 16 horas, é mais uma chance de encerrar o jejum e fazer do Caldeirão novamente temido pelos adversários.

 

Atlético tem o desafio de superar as vaias
Muita calma nessa hora! É o que pedem o meia Evandro e o técnico Givanildo de Oliveira aos torcedores do Atlético. Mesmo vindo de vitória contra o Santa Cruz, fora de casa, eles querem muita paciência das arquibancadas para superar o Goiás, hoje, às 16h, no Estádio Joaquim Américo. Em troca, prometem o máximo de empenho para quebrar o tabu de não vencer em casa há mais de cem dias e tirar o “peso das costas”. Uma vitória já poderá deixar o Rubro-Negro na zona de classificação para a Copa Sul-Americana.

 

Paciência é a palavra-chave
Há mais de três meses a torcida do Atlético aguarda uma vitória na Baixada. A espera pode terminar neste sábado, quando o time recebe o Goiás, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Se vencer, além de se distanciar da zona de rebaixamento, encerra um jejum de 101 dias e seis partidas. A última vitória no estádio foi em 8 de fevereiro, contra o Rio Branco, pelo Campeonato Paranaense.

 

Furacão pega o Goiás em busca da primeira vitória em casa
O Atlético Paranaense entra em campo, neste sábado, às 16h, na Kyocera Arena, contra o Goiás, tentando voltar a vencer diante de sua torcida. A equipe não vence na Baixada desde fevereiro, ainda pelo Campeonato Estadual, sendo que no Brasileirão, foram duas derrotas, para Fluminense e Internacional.

 

Furacão quer a primeira vitória na Arena
Passada a turbulência da possibilidade de ser demitido, o técnico do Atlético Paranaense, Givanildo de Oliveira, precisa de uma vitória para embalar na competição e conseguir de vez a estabilidade no cargo. E mais: contra o Goiás, a equipe reencontra o ex-técnico Antônio Lopes
em busca da primeira vitória no Brasileirão jogando na Kyocera Arena, que deixou de ser um fator favorável ao time desde a fase final do Paranaense deste ano.

 


Últimas Notícias