24 maio 2006 - 9h31

2001 como inspiração

Toda vez que o Atlético pisa no gramado do estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, um filminho passa na memória de cada torcedor. Foi ali, naquele estádio, que o Furacão conquistou seu maior título até aqui em 82 anos de história: o de Campeão Brasileiro de 2001.

Este ano, ao reencontrar o palco de sua maior conquista, o time comandado por Givanildo Oliveira tem uma missão totalmente oposta: precisa tentar vencer – e convencer os torcedores. A favor do Rubro-negro, a boa campanha fora de casa no Campeonato Brasileiro (em três jogos, foram duas vitórias). Contra, o clima de instabilidade do time, que vem sendo constantemente criticado pela torcida, em especial depois dos insucessos jogando na Kyocera Arena – local onde o time não vence há sete jogos.

Para a partida, o técnico Givanildo Oliveira tem problemas no ataque. Com Dagoberto e o artilheiro Pedro Oldoni entregues no Departamento Médico, o treinador terá que mudar o sistema ofensivo do time. Apesar de ainda não ter divulgado o time, o mais provável é que Givanildo mantenha o improviso de Ferreira no ataque, com o atacante Herrera lhe fazendo companhia.

Já no São Caetano, o técnico Nelsinho Baptista estudou nos trabalhos da semana inclusive mudar o sistema de jogo, do 3-5-2 para o 4-4-2, com a entrada do meia Leandro Lima no lugar do zagueiro Luisão. Outra dúvida está na lateral-esquerda, com Triguinho e Claudio disputando uma vaga no time.

Se o momento do Atlético é delicado no Campeonato Brasileiro, o grande desejo da torcida atleticana é que o reencontro com o Anacleto Campanella traga ao time a inspiração para voltar a vencer, convencer e brilhar. Se em 2001 São Caetano do Sul marcou o encerramento de uma trajetória campeã, a esperança é de que, cinco anos depois, a cidade marque o início de uma nova jornada vitoriosa.

Brasileiro – (24/05/06) – São Caetano x Atlético
L: Anacleto Campanella; H: 21h45; A: Lourival Dias Lima Filho (BA); T:Rede Globo (RPC), Premiere Esportes (PPV) e Banda B (AM 550).

SÃO CAETANO: Luiz; Gustavo, Luisão (Leandro Lima) e Thiago; Anderson Lima, Zé Luís, Mussamba, Élton e Cláudio (Triguinho); Fabiano Gadelha e Fábio Luís.T: Nelsinho Baptista.

ATLÉTICO: Cléber; Danilo, Paulo André e Alex; Jancarlos, Erandir, Alan Bahia, Evandro e Ivan; Ferreira e Herrera (Denis Marques). T: Givanildo Oliveira.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…