27 maio 2006 - 12h08

Manchetes atleticanas deste sábado

Atlético testa o limite da Arena
Time na zona de rebaixamento, 108 dias sem vitória em casa, insatisfação da torcida com técnico e jogadores, promessa de panfletagem contra a diretoria…

 

Atlético faz jogo de vida ou morte. Para Givanildo
Hoje é dia do caldeirão voltar a ferver, para o bem ou para o mal. Em clima de decisão, já que o time não vence em casa há 108 dias e está na zona do rebaixamento, o Atlético tenta se desvencilhar da crise. Protestos contra os dirigentes e contra o técnico Givanildo de Oliveira estão programados nas arquibancadas e os jogadores preferem até que o torcedor não vá a campo. Isso mesmo. Ingredientes para um verdadeiro sabadão quente na Baixada, que terá explicação de cartola às 14h30 e o jogo contra o Juventude às 18h10.

 

Baixada terá um dia diferente
O Atlético terá um dia diferente neste sábado. Às 18h10, o time joga com o Juventude, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, e enfrenta um jejum de 108 dias sem vitórias na Baixada. No mesmo local, a equipe chegou a defender, até abril de 2006, uma sequência de 25 jogos sem perder.

 

Furacão tenta espantar a crise contra o Juventude
Time paranaense tenta vencer seu primeiro jogo em casa no Brasileiro.

 

Givanildo tem última chance na Arena
O Atlético ainda não venceu em casa no Campeonato Brasileiro, depois de três partidas na Kyocera Arena. E mais um resultado ruim diante dos torcedores, hoje, às 18h10, contra o Juventude, pode decretar a saída de Givanildo Oliveira, que vem balançando no cargo e sequer conversa com a imprensa depois das duas derrotas consecutivas nas duas últimas rodadas.

 


Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…