31 maio 2006 - 21h31

Ponto suado, na raça e com dedicação

O Atlético voltou a fazer uma bonita apresentação no Campeonato Brasileiro. Encarando o vice-líder Cruzeiro, no Estádio Mineirão, o Rubro-Negro só não saiu com a vitória porque não conseguiu transformar em gols as boas chances criadas pelos meio-campistas e alas. Tanto que o gol de empate só saiu aos 44 minutos do segundo tempo, com Alan Bahia chutando forte de fora da área.

Num jogo de forte marcação dos paranaenses, o Cruzeiro buscou mais a linha de fundo para levar perigo ao gol de Cléber. Só que os alas do time mineiro não estavam inspirados no primeiro tempo. Quando atacavam, esbarravam no trio defensivo composto por Alex, Paulo André e Danilo. Já o Rubro-Negro tocava bem a bola, distribuía as jogadas com inteligência com Jancarlos e Moreno e só pecava na finalização. Ferreira, Fabrício e Herrera perderam boas oportunidades de marcar.

O Cruzeiro soube aproveitar uma das únicas chances reais de gol e não disperdiçou. Depois de um escanteio na esquerda, a bola sobrou para Élber. O atacante empurrou o goleiro Cléber antes de chutar, fraquinho, para o gol. O árbitro sergipano Antônio Hora Filho entendeu que a jogada foi normal e validou o lance.

O panorama do jogo não alterou no segundo tempo. O Cruzeiro partia desordenado para o ataque e o Atlético, com inteligência, esperava para dar o bote. Mas foi só a partir da entrada de Denis Marques que os perigos começaram realmente a surgir. O atacante entrou no lugar de Herrera, que não desempenhou bem a função. Com Denis, o Atlético se encorpou, mas mesmo assim continuava errando a pontaria ou chutando fraco ao gol de Fábio. Os mineiros só voltaram a assustar Cléber aos 42 minutos, quando Carlinhos Bala mandou uma falta no travessão.

Só que a justiça realmente foi feita e o gol de empate do Furacão surgiu com Alan Bahia, um dos melhores jogadores em campo. Ele chutou forte de fora da área e Fábio, que havia feito algumas boas defesas, aceitou. Mesmo aos 44 minutos o Atlético parou de atacar. Com quatro minutos de acréscimo da arbitragem, o Cruzeiro quase fez o segundo, mas parou na excelente atuação de Cléber. O próximo desafio do Atlético é na Kyocera Arena, domingo, contra o Palmeiras.

%ficha=495%

Melhores momentos da partida

Primeiro Tempo
15 min – Jancarlos fez boa jogada na lateral e chutou forte da entrada da área. A bola foi para fora
20 min – Moreno carregou a bola e tocou para Ferreira. Depois de chutar prensado, escanteio para o Atlético
22 min – Élber recebeu perto da marca do pênalti mas não conseguiu girar o corpo. Domínio atleticano
27 min – Fabrício recebeu de Jancarlos. De fora da área o meia tentou e o goleiro Fábio quase aceitou
28 min – Fabrício cobrou escanteio. Paulo André entrou de cabeça e quase marcou
35 min – Gol do Cruzeiro. Depois do escanteio, a bola sobrou para Élber, que empurrou Cléber antes de chutar
44 min – Erandir tocou para Herrera. De primeira o colombiano chutou e Fábio fez uma bonita defesa
47 min – Ferreira driblou o marcador e chutou da entrada da área. Bola para fora
47 min – Fim do primeiro tempo

Segundo Tempo
14 min – Anderson foi cruzar e acabou chutando ao gol. Cléber fez uma linda defesa e evitou o segundo gol
15 min – Denis Marques recebeu do lado esquerdo da grande área. Ele driblou o marcador e chutou forte. Fábio defendeu
19 min – Sandro driblou um atleticano e chutou de esquerda. Cléber, bem colocado, fez boa defesa
21 min – Erandir tentou de longe. A bola passou raspando a trave direita de Fábio
25 min – Sandro chutou forte de fora da área. A bola passou perto
29 min – Paulo André quase marcou de cabeça depois de um escanteio na direita
32 min – Jancarlos tocou para Denis Marques. De novo o atacante chutou fraco para o gol
35 min – Pressão do Atlético. Jancarlos chutou, a bola bateu em Fabrício, que quase empatou
39 min – Denis Marques ajeitou para Fabrício. O meia mandou a bola longe
42 min – Carlinhos Bala chutou uma falta na trave do goleiro Cléber
44 min – Gol do Atlético. Alan Bahia mandou uma bomba de fora da área. Fábio aceitou
46 min – Cléber salvou o Atlético mais uma vez. Depois de uma falta ele eapalmou uma bola para escanteio
49 min – Fim do jogo



Últimas Notícias