4 jun 2006 - 17h59

Tchau, Porco!

Mais uma vitória em casa antes da parada para a Copa do Mundo. Esse era o objetivo do rubro-negro para a partida de hoje contra o Palmeiras, equipe cuja campanha não é nada boa neste Campeonato Brasileiro. Pressão em ambos os lados, resultando num início de partida bastante disputado, com algumas jogadas feias e vários passes errados na Baixada.

Somente com o passar do tempo Atlético e Palmeiras começaram a pôr a bola no chão e a triangular para chegar ao gol adversário. Apesar de um leve domínio atleticano, era o Palmeiras quem criava as chances mais perigosas. Assim Cléber foi construindo seu nome entre os grandes goleiros do Furacão, realizando defesas espetaculares e dando condições para o time buscar a vitória.

O primeiro passo foi dado aos 44 minutos, quando Fabrício bateu falta pela direita e o goleiro Sérgio espalmou para o meio da área. Paulo André e Alan Bahia chegaram antes da zaga alvi-verde e o volante atleticano conseguiu tocar a bola para o fundo da rede. Delírio para os mais de 15 mil torcedores na Arena, que ainda passaram o intervalo comemorando.

Na volta para a segunda etapa, a equipe rubro-negra postou-se de forma recuada e deu chances para o Palmeiras pressionar em busca do empate. Então, Cléber mostrou por que é um dos melhores goleiros do país. Os ataques paulistas passavam com certa facilidade pela defesa paranaense, mas no último lance surgia Cléber para defender e frustrar os palmeirenses.

Givanildo percebeu que o meio-campo estava perdido e colocou Evandro na equipe, substituindo Denis Marques. A alteração surtiu efeito e já aos 32 minutos o meia chutou duas vezes antes de marcar o segundo gol do Furacão na partida. O gol deu tranqüilidade aos jogadores e diminuiu o ímpeto palmeirense, que não foi mais tão ofensivo e por pouco não levou o terceiro com o artilheiro Pedro Oldoni.

A segunda vitória consecutiva do Atlético na Kyocera Arena veio em boa hora, antes da folga para a Copa do Mundo, e agora o técnico Givanildo terá tempo para arrumar a equipe antes da volta no dia 12 de julho, contra o Fortaleza, em Curitiba. Nessa primeira parte do campeonato o rubro-negro conquistou apenas 13 dos 30 pontos disputados, muito pouco para a exigente torcida atleticana, acostumada a ver o time brigando por títulos nos últimos anos.

%ficha=496%

Melhores momentos da partida

Primeiro Tempo
02 min – Paulo André cabeceia por cima do gol de Sérgio
03 min – Cléber faz boa defesa em chute de Alex Afonso
08 min – Zaga bobeia e Cléber segura cabeçada de Alex Afonso
15 min – Michael cobra falta em cima do goleiro atleticano
17 min – Erandir tem excelente chance, mas cabeceia para o meio da área
19 min – Desequilibrado, Moreno cabeceia para o gol
19 min – Amaral chuta cruzado e Cléber segura firme
20 min – Fabrício bate bem falta e Sérgio quase entrega
23 min – Incrível! Cléber faz milagre na Baixada em seqüência de defesas espetaculares
25 min – Michael faz boa jogada e acerta a rede pelo lado de fora
26 min – Denis Marques rouba a bola e toca para trás, Ferreira erra a finalização
28 min – Moreno cruza e Daniel tira antes de Denis Marques tocar para o gol
32 min – Daniel bate da intermediária e acerta a rede pelo lado de fora
35 min – Erandir arrisca de longe, por cima do gol
44 min – Gol do Atlético! Fabrício bate falta e no rebote Alan Bahia aproveita para marcar
47 min – Fim de primeiro tempo

Segundo tempo
49 min – Alex Afonso chuta cruzado e a bola passa por todo mundo
52 min – Tiago Gomes cabeceia em cima de Cléber
55 min – Enilton, sozinho, manda de cabeça para a defesa de Cléber
58 min – Cléber tira com o pé em cima da linha
61 min – Cléber salva mais uma vez de forma incrível
64 min – Roger vira e bate, Cléber defende
73 min – Alan Bahia cabeceia no travessão em escanteio
76 min – Gol do Atlético! Evandro tenta duas vezes e marca o segundo gol
84 min – Pedro Oldoni rouba bola e chuta rasteiro, Sérgio defende com o pé
85 min – Cléber coloca para escanteio com a ponta dos dedos
94 min – Fim de partida



Últimas Notícias

Paranaense

Atletiba acaba empatado

Coritiba e Athletico ficaram no empate de 1 X1 no Couto Pereira no final da tarde, quase noite pelo Paranaense 2024. Mastriani abriu o placar…