6 jun 2006 - 0h45

Furacão é o rei das finalizações no Brasileiro

O Atlético é até aqui o time que mais finalizou jogadas no Campeonato Brasileiro. Em 10 rodadas na competição até o momento, o Furacão finalizou 185 vezes (média de 18,5 por jogo) contra as metas adversárias. Apesar do bombardeio contra o gol de seus rivais, os jogadores rubro-negros precisam melhorar um pouco mais a pontaria, já que o time tem apenas o sexto melhor ataque do Brasileirão, com 15 gols. O levantamento é do Instituto Datafolha, divulgado nessa segunda-feira.

Ter um melhor aproveitamento no último passe, na hora da finalização para o gol, é uma preocupação de vários jogadores do Atlético. “Está faltando acertar o último passe, que é o gol”, afirmou o lateral-direita Jancarlos, após o empate com o Cruzeiro. Discurso semelhante foi dito pelo zagueiro Danilo, após a derrota para o São Caetano, na sétima rodada do Brasileirão. “A gente cria oportunidades, vem tocando bem a bola, chegamos na cara do gol e por infelicidade a bola não vem entrando”, disse o capitão do time.

Com seis gols marcados, o atacante Pedro Oldoni segue no topo da lista dos artilheiros atleticanos na competição. Em seguida vem o volante Alan Bahia, que já marcou quatro gols no Campeonato Brasileiro. Evandro (com 2 gols), Denis Marques, Ferreira e Danilo completam até aqui a lista de artilheiros atleticanos no Brasileirão 2006.

Considerando toda a temporada, o Atlético marcou até aqui 59 gols em 29 partidas (média de 2,03 gols por jogo). Além disso, em apenas duas oportunidades o time passou em branco ofensivamente: no empate por 0 a 0 com o Volta Redonda, na Kyocera Arena, pela Copa do Brasil; e na derrota por 2 a 0 para o Santos, em Mogi Mirim, no Campeonato Brasileiro. Nas demais 27 partidas, o Furacão balançou as redes adversárias.

Destaque nos desarmes

Outro quesito de destaque no Furacão são os desarmes. Nesse item, o Atlético ocupa a segunda posição entre os 20 clubes participantes do Brasileiro, atrás apenas do Palmeiras. O Furacão faz, em média, 134,9 desarmes por partida, contra 144,4 do clube paulista, que lidera a lista nesse item.

Para o lateral-esquerda Moreno, essa “pegada” do time é um dos pontos fortes, já que o sistema de marcação atleticano vem melhorando jogo após jogo. “Faz três ou quatro jogos que a equipe vem subindo de produção. Hoje (domingo) não foi diferente, conseguimos marcar bem a equipe do Palmeiras. Agora podemos sair de férias tranqüilos para voltar com mais pegada e mais vontade para conseguir mais vitórias durante o campeonato”, afirmou o lateral após a vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras, no último domingo.



Últimas Notícias