12 jun 2006 - 22h19

Em 10 rodadas, Atlético não repetiu escalações

Dez partidas e dez escalações diferentes. Repetindo o que ocorreu no ano passado, o Atlético mais uma vez tem dificuldades em manter sua formação nos jogos do Campeonato Brasileiro. Foram várias as razões para que o técnico Givanildo de Oliveira não conseguisse repetir o mesmo time do Atlético: contusões, suspensões e problemas extra-campo. Assim, o treinador já teve que utilizar 22 atletas até aqui na competição.

Cada partida era uma mudança. Se não fosse nas laterais, quando Jancarlos estava suspenso e Ivan machucado, os problemas aconteciam também no setor defensivo. No meio-campo ninguém tinha sua vaga no time titular assegurada, além de meias como Evandro e Ferreira terem que ser improvisados no ataque de vez em quando, já que o treinador atleticano não podia contar com o atacante Dagoberto – e Herrera que ainda não havia sido liberado para jogar. Além deles, Pedro Oldoni passou a desfalcar o time a partir da sétima rodada.

Com tantos desfalques, apenas quatro atletas começaram como titular em todos os dez jogos do Rubro-negro até aqui no Brasileirão: o goleiro Cléber, o zagueiro Danilo, o volante Alan Bahia e o meia Ferreira. Evandro é outro que também participou das dez rodadas do Brasileiro, mas em alguns jogos entrou no decorrer da partida, não começando como titular.

E o “fantasma” de não repetir escalações no time não vai acabar após a intertemporada para a Copa do Mundo. No jogo contra o Fortaleza, no próximo dia 12 de julho, mais uma vez o Rubro-Negro entrará em campo com um time diferente, já que o zagueiro Alex e o volante Alan Bahia levaram o terceiro cartão amarelo e irão cumprir suspensão automática.

Veja abaixo os times que entraram em campo pelo Furacão nessas dez primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro (em negrito, os jogadores que mudavam a escalação em relação à partida anterior):

16.04.2006 – Atlético 1 x 2 Fluminense: Cléber; Jancarlos, Danilo, Paulo André e Moreno; Erandir, Alan Bahia, Evandro e Ferreira; Denis Marques e Pedro Oldoni.

23.04.2006 – Santos 2 x 0 Atlético: Cléber; Carlos Alberto, Danilo, Paulo André, Alex e Fabrício; Erandir, Alan Bahia e Evandro; Pedro Oldoni e Ferreira.

29.04.2006 – Botafogo 0 x 4 Atlético: Cléber; Jancarlos, Danilo, Paulo André, Alex e Ivan; Alan Bahia, Erandir e Evandro; Ferreira e Pedro Oldoni.

07.05.2006 – Atlético 1 x 2 Internacional: Cléber; Jancarlos, Danilo, Paulo André, Alex e Ivan; Alan Bahia, Evandro e Ferreira; Dagoberto e Pedro Oldoni.

13.05.2006 – Santa Cruz 1 x 3 Atlético: Cléber; Jancarlos, Danilo, Alex, João Leonardo e Moreno; Alan Bahia, Erandir e Ferreira; Dagoberto e Pedro Oldoni.

20.05.2006 – Atlético 2 x 3 Goiás: Cléber; Jancarlos, Danilo, Paulo André, Alex e Ivan; Alan Bahia, Erandir e Evandro; Ferreira e Pedro Oldoni.

24.05.2006 – São Caetano 2 x 1 Atlético: Cléber; Jancarlos, Danilo, Paulo André, Alex e Ivan; Erandir, Alan Bahia e Evandro; Ferreira e Herrera.

27.05.2006 – Atlético 1 x 0 Juventude: Cléber; Carlos Alberto, Danilo, Paulo André, Alex e Ivan; Erandir, Alan Bahia e Evandro; Ferreira e Herrera.

31.05.2006 – Cruzeiro 1 x 1 Atlético: Cléber; Danilo, Paulo André e Alex; Jancarlos, Erandir, Alan Bahia, Fabrício e Moreno; Ferreira e Herrera.

04.06.2006 – Atlético 2 x 0 Palmeiras: Cléber; Jancarlos, Danilo, Alex, Paulo André e Moreno; Erandir, Alan Bahia e Fabrício; Ferreira e Denis Marques.



Últimas Notícias

Brasileirão A1|Opinião

NEM 8, E NEM 80

O título do que será relatado abaixo, resume muito o sentimento desse ilustre torcedor quem vos escreve.   Na noite de ontem o Furacão entrou…