21 jun 2006 - 20h03

Givanildo nega que tenha ameaçado entregar o cargo

O técnico Givanildo Oliveira conversou nesta quarta-feira com a imprensa sobre a contratação do goleiro Navarro Montoya, de 40 anos. O jogador argentino realizou exames médicos nesta quarta, mas ainda não foi apresentado oficialmente pelo clube. Apesar disso, Givanildo esclareceu algumas questões relacionadas à contratação do atleta.

O treinador rubro-negro disse que jamais pensou em entregar o cargo por conta da contratação de Navarro, ao contrário do que insinuou a reportagem desta quarta do jornal Tribuna do Paraná. "Isso não tem nada a ver. A contratação dele é uma questão administrativa. Conversei com o Petraglia e ele me explicou o pensamento dele. A mim não cabe ser contra ou não, tenho é de receber o jogador", comentou o técnico. "A chegada do Navarro é algo normal. Assim como saíram alguns jogadores e chegaram outros, como o Neto e o Marcos Aurélio", completou.

Givanildo ainda comentou que Navarro Montoya não tem a posição de titular garantida. "Ele vem para ficar conosco e só tem condições de jogo em agosto. Meu titular é o Cleber. O Montoya vem, vai se juntar ao grupo e é um pensamento da diretoria usá-lo futuramente", afirmou.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…