25 jun 2006 - 0h57

Juninho Chicchinato é o novo técnico dos juvenis

O Atlético contratou há um mês um técnico para a equipe de juvenis (sub-17). O paulista Helio Chicchinato Junior, o Juninho, está trabalhando no CT do Caju desde maio e já dirigiu o time em algumas partidas. Ele assumiu o posto que durante cinco anos pertenceu ao ex-jogador atleticano Marquinhos Benatto. Em fevereiro deste ano, Benatto pediu demissão porque pretendia trabalhar no futebol mexicano.

Inicialmente, o substituto de Marquinhos foi Waldemar Privati, que vinha atuando como preparador de goleiros do time profissional. No entanto, a saída de Almir Domingues, o outro preparador de goleiros do time principal, fez com que Privati fosse solicitado novamente para trabalhar com Cléber, Tiago Cardoso, Vinicius e Guilherme. Com isso, o auxiliar Beto Médice assumiu provisoriamente o comando do time juvenil.

Juninho Chicchinato, de 30 anos, foi indicado pelo supervisor do departamento de formação, Marco Biasotto. Os dois trabalharam juntos no Paulista, de Jundiaí. Juninho jogou nas categorias de base da Ponte Preta, mas não seguiu carreira como atleta profissional. Em 1998, assumiu o time infantil do então Etti Jundiaí. Trabalhou no clube (que depois mudou de nome para Jundiaí e Paulista) até março de 2005, quando foi contratado pelo Palmeiras.

Foi técnico do time juvenil e auxiliar do time júnior do Palmeiras durante um ano, até aceitar o convite para trabalhar no Atlético.



Últimas Notícias