4 jul 2006 - 10h33

Joseph Blatter reafirma desejo de Copa no Brasil

Universalizar a organização da Copa do Mundo. Essa foi uma das principais metas do presidente da Fifa, Joseph Blatter, quando assumiu o comando da entidade. E para cumprir este objetivo, ele afirma que pretende realizar o Mundial de 2014 na América do Sul – após a realização de um torneio na Ásia (Coréia-Japão, em 2002), na Europa (Alemanha, em 2006) e pela primeira vez na África (África do Sul, em 2010).

Blatter confirmou nesta terça-feira o seu desejo de realizar a Copa do Mundo de 2014 no Brasil, até aqui o único país sul-americano a ter expressado o desejo de organizar a competição. Para isso, ele disse que as autoridades brasileiras terão que responder várias questões que comprovem que o país tem condições de organizar e sediar o evento. Como pontos favoráveis ao Brasil, explicou Blatter, estão o apoio da Confederação Sul-Americana de Futebol – Conmebol e além da ausência até agora de outros candidatos.

A América do Sul já recebeu a Copa do Mundo em quatro oportunidades: 1930, no Uruguai; 1950, no Brasil; 1962, no Chile; e 1978, na Argentina. Das 17 edições da Copa até hoje realizadas, as seleções sul-americanas venceram em nove oportunidades – cinco vezes com o Brasil (58, 62, 70, 94, 2002), duas com a Argentina (78 e 86) e duas com o Uruguai (1930 e 1950).

Candidatura Brasileira

Para oficializar a candidatura brasileira para a Copa de 2014, a Confederação Brasileira de Futebol tem até o dia 31 de dezembro deste ano para confirmar a inscrição. Em maio de 2008 a Fifa divulga o país-sede da Copa de 2014 – e, até lá, os concorrentes precisam cumprir uma série de exigências. Recentemente, o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, afirmou que nesse relatório da pré-candidatura brasileira estarão os estádios que têm capacidade de sediar jogos do Mundial.

Um dos carros-chefe da lista brasileira será a Kyocera Arena, que é o que está mais próximo das exigências da Fifa. "Acredito que serão necessários de oito a 10 estádios. O problema é que, atualmente, nenhum deles no Brasil se encaixa nos padrões da Fifa. Talvez apenas a Arena da Baixada, em Curitiba. A Fifa tem um caderno de encargos em que é preciso contemplar segurança, estrutura, imprensa, entradas e saídas", declarou recentemente Ricardo Teixeira.

Nos últimos dias, vários veículos de comunicação do Brasil lembraram do estádio atleticano como referência para outras praças, caso o Brasil realmente seja sede da Copa de 2014. Em reportagem na revista Istoé Dinheiro desta semana, foi afirmado que “a Arena da Baixada, do Atlético Paranaense, é o único estádio apto a receber jogos de Copa”. E em algumas transmissões dos jogos do Mundial deste ano, o narrador Galvão Bueno também lembrou da Baixada como referência no país. “No Brasil não existe nenhum estádio pronto para abrigar um jogo da Copa do Mundo. Talvez o único estádio no Brasil é a Arena da Baixada, em Curitiba, após a conclusão", disse Galvão.

Fonte: Terra Esportes (adaptada)



Últimas Notícias