6 jul 2006 - 22h25

Caso de Dagoberto é o terceiro do Brasil

De acordo com os advogados do Atlético, o caso do atacante Dagoberto é o terceiro na história do futebol brasileiro em que um clube ajuizou uma ação para prorrogar o contrato de trabalho de um atleta. Antes, apenas um time gaúcho e um paulista haviam ingressado na Justiça do Trabalho para defender seus direitos em uma situação semelhante.

“Na verdade, esse é o terceiro caso. Fizemos uma pesquisa imensa e tivemos uma dificuldade em achar uma causa específica como essa. É o terceiro caso na história do judiciário trabalhista brasileiro em que o clube pede para estender o contrato do atleta. São dois casos, um em São Paulo e outro no Rio Grande do Sul", revelou o advogado Diogo Braz, segundo vice-presidente do Conselho Deliberativo do Atlético.

O caso de São Paulo envolve o Sport Club Corinthians Paulista e o atleta Fabrício de Souza, volante revelado pelo União São João de Araras e que atualmente está no Jubilo Iwata, do Japão.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…