11 jul 2006 - 13h46

Ilan é negociado com o Saint-Étienne

O atacante Ilan acertou nesta terça-feira sua transferência para a Association Sportive de Saint-Étienne Loire, da primeira divisão francesa. Revelado nas categorias de base do Paraná, Ilan foi contratado pelo Atlético em 2001, após uma breve passagem pelo São Paulo. Reserva de Kléber e Alex Mineiro em sua primeira temporada, Ilan ajudou o time a conquistar o título brasileiro daquele ano. Ele teve participação decisiva em alguns jogos, como a primeira partida da final, no qual marcou um gol na vitória atleticana por 4 a 2.

Com a saída da dupla de ataque titular, Ilan assumiu o posto de titular do ataque rubro-negro e passsou a marcar muitos gols. Chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira principal por Carlos Alberto Parreira e tornou-se o segundo maior goleador da história da Arena da Baixada, com 30 gols.

Em 2004, o Atlético negociou 50% dos direitos econômicos de Ilan com o Sochaux, um time intermediário do futebol francês. O atacante brasileiro foi muito bem nas duas primeiras temporadas e marcou 26 gols. O bom desempenho de Ilan despertou o interesse de várias equipes e a melhor proposta foi a do Saint-Étienne.

História

O Saint-Étienne, novo clube de Ilan, é uma das equipes mais tradicionais da França. Fundado em 1919, o time viveu seu auge nos anos 60 e 70, período em que conquistou oito títulos nacionais. Em 76, o Saint-Étienne (ou ASSE, sigla pela qual o clube é chamado pelos torcedores) foi vice-campeão da Champions League, sendo batido na final pelo Bayern de Munique de Beckenbauer e Gerd Müller.

O maior ídolo da história do clube foi Michel Platini, que lá jogou entre 79 e 82. Outros jogadores de destaque foram Laurent Blanc, Roger Milla e Piazza. Além do tricampeão mundial Piazza, outros brasileiros já jogaram pela equipe. Nos anos 90, o time contou com Alex Dias, Aloísio e Rodrigão, os dois últimos também com passagens pelo Furacão.

Negociação

O presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, Mario Celso Petraglia, viajou para a França a fim de acertar a transferência de Ilan. Como o Atlético ainda detinha 50% dos direitos econômicos do atleta, a negociação dependia da concordância do Rubro-Negro. Os valores da transação não foram divulgados pela imprensa francesa, que, contudo, confirmou que o dinheiro será dividido por igual entre o Atlético e o Sochaux.

Ilan assinou contrato por quatro anos com o Saint-Étienne, que é carinhosamente chamado pelo seus torcedores de "Les Verts" (os verdes). Clique aqui para conferir a notícia do site oficial do Saint-Étienne sobre a contratação de Ilan.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…