11 jul 2006 - 19h11

Tudo pronto para a volta

Cléber; Jancarlos, Danilo, Alex, Paulo André e Moreno; Erandir, Alan Bahia e Fabrício; Ferreira e Denis Marques. Este foi o último time titular do Atlético antes da paralisação do Campeonato Brasileiro. Durante o último mês, o elenco teve alguns dias de férias e, depois, realizou uma intertemporada no CT do Caju. Neste período, o técnico Givanildo Oliveira teve todas as condições para preparar a equipe para o segundo semestre e, especialmente, para o jogo desta quarta-feira às 19h30 contra o Fortaleza, na Kyocera Arena.

O time que começará jogando terá a seguinte formação: Cléber, Jancarlos, Danilo, João Leonardo e Moreno; Erandir, Cristian, Evandro e Ferreira; Neto Baiano e Pedro Oldoni. Ou seja, são cinco mudanças em relação ao time que começou jogando contra o Palmeiras, no dia 4 de junho. Além de cinco novidades na escalação, o torcedor poderá acompanhar a estréia da nova camisa rubro-negra fabricada pela Umbro. O novo padrão será lançado momentos antes do jogo e será colocado em uso logo em seguida.

Porém, mais do que mudança de nomes e de visual, o time terá novidades táticas. Sai o 3-5-2, utilizado durante a maior parte do ano, e entra em cena o 4-4-2, preferido pelo técnico Givanildo. "O esquema realmente está mudado. Estamos voltando para a competição e vamos começar apenas com dois zagueiros. Vamos entrar com Danilo e João Leonardo. É sempre diferente jogar com dois ou com três zagueiros. Mas temos a condição de puxar um volante e deixar quase a mesma coisa", comentou o técnico.

O time será bastante diferente na zaga. Saem Paulo André, negociado com o Le Mans, e Alex, suspenso, e entra João Leonardo, que formará dupla com Danilo. Com passagens pela Seleção Brasileira Sub-20, João Leonardo ainda não havia tido oportunidade de se firmar como titular do Atlético. Sua grande chance começa justamente nesta quarta, contra o Fortaleza. No meio-campo, as baixas são o suspenso Alan Bahia e o machucado Fabrício. Cristian ganhou a posição de volante e Evandro voltará a atuar como titular ao lado do colombiano Ferreira.

O ataque também será novo. Podendo escolher entre dez atletas, Givanildo optou por formar uma dupla ainda inédita nesta temporada: Pedro Oldoni e Neto Baiano. O primeiro é o principal artilheiro do Atlético em 2006 e luta para voltar a ser o goleador máximo do Brasileirão. Ao seu lado, estará o estreante Neto Baiano. Contratado do Paulista de Jundiaí em maio, Neto ainda não fez nenhuma partida com a camisa rubro-negra. Ele impressionou Givanildo Oliveira durante os treinamentos e ganhou a posição do colombiano, que ficará no banco de reservas ao lado do também ex-titular Denis Marques.

Mesmo com muitas mudanças, a expectativa da comissão técnica e dos jogadores para a "reestréia" no Campeonato Brasileiro é a melhor possível. "O grupo todo está com vontade de entrar em campo e jogar. Vontade de voltar e ter a pegada que tivemos nos últimos três jogos", afirmou o goleiro Cléber. A torcida atleticana também está animada. A Fanáticos já convocou todos os rubro-negros a comparecerem à Kyocera Arena para empurrar o Furacão rumo a mais uma vitória no Brasileiro. Quem sabe o segundo semestre não começa em grande estilo, com vitória e harmonia entre todos os atleticanos? É o que todos esperamos.

Brasileiro – (12/07/06) – Atlético x Fortaleza
L: Kyocera Arena; H: 19h30; A: José Henrique de Carvalho (SP); T: Premiere Esportes (ppv) e Rádio Banda B (AM 550).

ATLÉTICO: Cléber; Jancarlos, Danilo, João Leonardo e Moreno; Erandir, Cristian, Evandro e Ferreira; Neto Baiano e Pedro Oldoni. T: Givanildo Oliveira.

FORTALEZA: Márcio; Ivan, Alan, Gláuber e Mazinho Lima; Dude, Ramalho, André Cunha e Jorge Mutt; Michel e Finazzi . T: Hélio dos Anjos.



Últimas Notícias