18 jul 2006 - 16h47

Atlético é campeão paranaense juvenil de 2006

O Clube Atlético Paranaense conquistou na tarde desta terça-feira o título de campeão paranaense de futebol juvenil de 2006. Com o empate por 2 a 2 com o Cianorte na final realizada no CT do Caju, a equipe dirigida por Juninho Chicchinato confirmou a melhor campanha da competição e ganhou mais um troféu para a galeria do clube.

Para chegar à final, o Atlético superou três fases iniciais contra adversários como Paraná Clube, Londrina, Astral e Cianorte. Na semifinal, contra o PSTC, o time realizou um feito histórico. Depois de perder o primeiro jogo por 4 a 1 em pleno CT do Caju, obteve uma vitória indiscutível por 6 a 2 no jogo de volta, em Cambé, e eliminou o adversário.

No primeiro jogo da final, em Cianorte, o Rubro-Negro saiu vitorioso por 1 a 0, gol de Douglas. Nesta terça, jogando em casa e podendo empatar para ser campeã, a equipe cumpriu sua obrigação e empatou por 2 a 2, com dois gols do atacante Michel.

A final

Na primeira oportunidade da partida, aos cinco minutos, o atacante atleticano Michel chutou rasteiro no canto esquerdo do goleiro Roberto, que fez boa defesa. Seis minutos depois, o Atlético voltou a assustar a meta dos visitantes, novamente com um chute de Michel. Logo em seguida, o Furacão perdeu outra chance para abrir o marcador. Aos 12, o volante Coco furou e a bola sobrou para Michel bater e novamente parar no arqueiro Roberto.

Aos 20 minutos, o atacante Afonso chutou cruzado e perdeu boa chance para o Atlético. O primeiro gol do Rubro-Negro saiu aos 30, em jogada individual de Michel. O atacante recebeu a bola na intermediária, passou por vários defensores do Cianorte e chutou na saída do goleiro. O empate veio apenas sete minutos depois, após o árbitro marcar pênalti de Carlão. Marcelo bateu rasteiro no canto esquerdo e igualou o placar.

Logo aos três minutos da etapa final, o atacante Eduardo Salles chutou de longe e exigiu boa defesa do goleiro Roberto. Cinco minutos depois, o Furacão voltou a ficar à frente no placar. Michel recebeu pelo lado direito e bateu cruzado, a bola desviou na zaga adversária e enganou o arqueiro do Cianorte. Aos 16, o volante Foguinho cruzou da esquerda para Eduardo Salles cabecear nas mãos de Roberto. Aos 22, o Atlético fez boa troca de passes dentro da área, mas na finalização de Afonso o goleiro salvou com o pé.

Mesmo jogando melhor, o Atlético sofreu o gol de empate. Aos 24, o zagueiro Binho aproveitou uma falha da defesa atleticana depois de cobrança de falta e cabeceou para o gol. Aos 31, o Furacão fez uma bela jogada e quase desempatou. O atacante Choco lançou Afonso, que entrou na área e, ao invés de chutar, rolou para o lateral Raul bater forte, mas em cima do zagueiro. Precisando de uma vitória para levar a decisão para os pênaltis, o Cianorte foi com tudo para cima do Atlético. Aos 38, os visitantes tentaram pela esquerda, mas pararam na defesa atleticana. Um minuto depois, um petardo de fora da área quase acertou a meta do goleiro Neto. Na última chance, aos 43, a bola foi levantada na área, mas foi direto para a linha de fundo.

O Atlético jogou com: Neto; Raul, Douglas, Ronaldo, Carlão e Giovani (Bruno); Foguinho, Coco e Eduardo Salles (Choco); Michel (Uillian) e Afonso.

Campanha

O Campeonato Paranaense de Futebol Juvenil é disputado por garotos com idade entre 15 e 17 anos e os jogos têm 80 minutos de duração. Em 21 jogos disputados, o Atlético obteve 15 vitórias, quatro empates e apenas duas derrotas. Marcou 55 gols e sofreu apenas 17. Confira a campanha rubro-negra:

Primeira fase
Atlético 2 x 1 Astral – 05.03.06
Telêmaco Borba 0 x 3 Atlético – 12.03.06
Trieste 0 x 3 Atlético – 19.03.06
Atlético 3 x 1 Telêmaco Borba – 02.04.06
Astral 3 x 2 Atlético – 05.04.06
Atlético 5 x 0 Trieste – 09.04.06

Segunda fase
Atlético 4 x 1 Paraná – 23.04.06
Ibaiti 0 x 1 Atlético – 30.04.06
Operário 0 x 2 Atlético – 07.05.06
Paraná 2 x 2 Atlético – 13.05.06
Atlético W x O Ibaiti – 20.05.06
Atlético 7 x 0 Operário – 28.05.06

Terceira fase
Atlético 4 x 0 Londrina – 03.06.06
Astral 0 x 2 Atlético – 07.06.06
Cianorte 0 x 0 Atlético – 10.06.06
Londrina 1 x 2 Atletico – 14.06.06
Atlético 0 x 0 Astral – 21.06.06
Atlético 2 x 0 Cianorte – 24.06.06

Semifinal
Atlético 1 x 4 PSTC – 02.07.06
PSTC 2 x 6 Atlético – 05.07.06

Final
Cianorte 0 x 1 Atlético – 08.07.06
Atlético 2 x 2 Cianorte – 18.07.06

Com a conquista do título estadual deste ano, o Atlético reconqusita a hegemonia do futebol juvenil no Paraná. No ano passado, o Furacão foi eliminado na fase de quartas-de-final e foi vice-campeão metropolitano. Em 2004, o Atlético foi campeão paranaense e também vice metropolitano. Em 2003, o time foi campeão metropolitano.

Os campeões

O Atlético foi campeão paranaense juvenil sob o comando do técnico Hélio Chicchinato Júnior, o Juninho. Ele assumiu o time durante a competição, depois de a função ter sido exercida por Privati. A comissão técnica dos juvenis é formada ainda pelo preparador físico Edy Carlos Soares e pelo preparador de goleiros Christopher Sales, todos sob a coordenação geral de Marco Antonio Biasotto. Confira a ficha técnica dos atletas campeões estaduais:

Norberto Murara Neto
19.07.1989 – Araxá (MG)
1.85 m – 76 kg
Rafael Roballo Maciel
19.07.1989 – Curitiba (PR)
1.90 m – 90 kg
Fernando Júnior Pereira da Silva
20.12.1989 – Toledo (PR)
1.92 m – 85 kg
Josean da Silva Cruz
21.01.1989 – Várzea Alegre (CE)
1.67 m – 68 kg
Robert Júnior Souza Silva
10.03.1989 – São Gonçalo do Amarante (CE)
1.69 m – 60 kg
Giovani Mendes Bezerra
23.11.1989 – Marabá (PA)
1.68 m – 63 kg
Carlos Augusto Borret dos Santos – Carlão
06.06.1990 – Rio de Janeiro (RJ)
1.81 m – 77 kg
Leonardo Alves Ribeiro de Carvalho
23.08.1989 – Marabá (PA)
1.82 m – 74 kg
Leonardo Nascimento Laurino
23.08.1989 – Belém (PA)
1.81 m – 71 kg
Arthur Félix Silva e Silva
20.02.1990 – Campo Mourão (PR)
1.85 m – 80 kg
Marcus Vinícius L. da Silva – Marcão
26.04.1990 – Curitiba (PR)
1.84 m – 73 kg
Douglas Ribeiro Sousa
04.09.1989 – Marabá (PA)
1.81 m – 68 kg
Ronaldo Luiz Alves
09.07.1989 – Bebedouro (SP)
1.84 m – 84 kg
Uiliam Correia Granemann
27.09.1989 – Fátima do Sul (MS)
1.81 m – 65 kg
Renan Rodrigues da Silva – Foguinho
09.10.1989 – Londrina (PR)
1.75 m – 65 kg
Deivid Willian da Silva – Coco
18.01.1989 – Londrina (PR)
1.72 m – 67 kg
Raul Guilherme Martins
13.03.1990 – Curitiba (PR)
1.72 m – 80 kg
Halesson Tiago Barbosa Honorato
04.02.1989 – Igarassu (PE)
1.81 m – 78 kg
Daniel Gomes Soares
12.02.1990 – Araranguá (SC)
1.72 m – 67 kg
Adriano Dias de Oliveira
22.01.1989 – Curitiba (PR)
1.72 m – 71 kg
Douglas Trindade da Silva
31.05.1990 – Novo Hamburgo (RS)
1.72 m – 65 kg
Eduardo Faria Machado de Salles Filho
06.04.1990 – Curitiba (PR)
1.76 m – 74 kg
João Guilherme Estevão da Silva – Choco
04.01.1990 – Paranaguá (PR)
1.73 m – 65 kg
Michel Hoff Correia Rocha
20.04.1989 – Campo Grande (MS)
1.77 m – 72 kg
Afonso da Silva Santos
14.06.1989 – Birigüi (SP)
1.85 m – 71 kg
Cristian Porto Spricigo
07.08.1990 – Araranguá (SC)
1.72 m – 63 kg
Francisco Jorge Cilião Maia – Chico
01.01.1989 – Apucarana (PR)
1.72 m – 72 kg


Últimas Notícias