18 jul 2006 - 21h18

Juninho Chicchinato agradece apoio atleticano

O técnico do time juvenil do Atlético, Juninho Chincchinato, agradeceu o apoio que recebeu de todos os integrantes do clube durante a reta final da competição. Juninho chegou ao clube na reta final do Campeonato Paranaense Juvenil e conduziu a equipe ao título. À frente da equipe nas últimas onze partidas, o treinador fez questão de dividir os méritos da conquista com os outros técnicos que comandaram o time em 2006: Marquinhos Benatto, Waldemar Privati e Beto Médice. “O título é de todos. Esse era um objetivo traçado por todos nós e, por isso, eles também têm parte na conquista”, afirmou o treinador.

Para Juninho, o título deve ser creditado também ao elenco, que o ajudou desde a sua chegada ao Furacão. “É uma gratificação muito grande. Tenho que agradecer ao Atlético pela oportunidade e aos atletas. Não adianta eu chegar aqui, comandar onze jogos e eles não acreditarem no trabalho”, avaliou. O técnico diz que o apoio e a qualidade do elenco foram fundamentais. “Somamos a qualidade técnica deles que é grande e conquistamos o título”, completou.

Apesar de o jogo da tarde desta terça-feira não ter enchido os olhos dos torcedores, Juninho acredita que ele teve todos os ingredientes de uma final. “Foi um jogo típico de final. Não é bonito tecnicamente, mas é um jogo muito brigado taticamente e definido nos detalhes”, analisou. Na opinião do técnico, a atuação do atacante Michel foi um dos pontos positivos da conquista. “Soubemos aproveitar os dois gols que fizemos em duas jogadas do Michel, que foi um dos destaques ao lado do Côco. A equipe soube jogar o suficiente para se tornar campeã”, contou.

Apoio

As partidas das equipes infantil e juvenil costumam levar um público conhecido ao CT do Caju. São os parentes e amigos dos atletas e comissão técnica. Mas na tarde desta terça-feira, o público presente foi maior do que o de costume, o que alegrou o técnico Juninho.

“Comentei com o Edy (Edy Carlos Soares, preparador físico) quando terminou o jogo que é gostoso ser campeão e ver o bom número de torcedores presentes. Normalmente vemos os familiares e amigos e hoje vimos faixa da Fanáticos e outras pessoas presentes”, contou. O técnico declarou que este apoio é muito importante para o crescimento dos atletas. “O apoio, por menor que seja, é muito importante para os jogadores valorizarem a torcida. O sonho deles é jogar no profissional e ver a torcida gritando o nome deles. É uma oportunidade que aconteceu e nós só podemos agradecer àqueles que vieram”, acrescentou.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…