20 jul 2006 - 15h55

Remo sondou a contratação de Givanildo

A diretoria do Clube do Remo tentou contratar o técnico Givanildo Oliveira. O time paraense ocupa a última colocação da Série B e está em situação desesperadora, fugindo contra o rebaixamento para a terceira divisão. O último técnico da equipe foi Arthur Neto, que teve uma péssima passagem pelo Atlético em 2000. Depois da demissão do treinador, a equipe foi dirigida interinamente pelo volante Odair.

Desde então, a direção remista procurou diversos profissionais, como Jair Picerni, Márcio Bittencourt, Roberval Davino, Zetti, Vadão e Giba. Nesta quinta-feira, os dois principais jornais de Belém, Diário do Pará e O Liberal, divulgaram que dirigentes do Remo telefonaram a Givanildo, que já dirigiu o time e teve também uma excelente passagem pelo rival Paysandu.

Quem confirmou o contato com Givanildo foi o vice-presidente Antonio Carlos Teixeira: "Tentamos, mas ele está com prestígio junto à diretoria, que pediu para ele ficar". Diante da negativa de Givanildo, o Remo anunciou nesta quarta a contratação de Samuel Cândido, que estava trabalhando nas categorias de base do Paysandu.

Confira as reportagens dos jornais paraenses:
Giva não vem; Samuel na agulha – Diário do Pará
Leão volta ao trabalho sem técnico – O Liberal



Últimas Notícias