21 jul 2006 - 18h17

Givanildo deve permanecer em Curitiba até segunda

O técnico Givanildo Oliveira permanecerá em Curitiba até a próxima segunda-feira. Ele comunicou nesta sexta-feira seu pedido de desligamento do clube. Oficialmente, o Atlético informou que a saída do treinador foi decidida "de comum acordo", de forma consensual.

De acordo com o próprio Givanildo, ele ainda tem questões a serem resolvidas no Paraná e permanecerá no estado durante o final de semana. No domingo, o Atlético enfrenta o Vasco da Gama, no Rio de Janeiro. Como anunciou sua permanência na cidade por mais alguns dias, é bastante provável que Givanildo conceda entrevistas à imprensa explicando as razões pelas quais resolveu deixar o Atlético.

Durante a semana, ele foi contatado por dirigentes do Clube do Remo, mas recusou o convite para voltar a trabalhar em Belém. O Remo acabou contratando Samuel Cândido. Nesta sexta, Givanildo confirmou que sua saída do Atlético não está relacionada a convites de outros clubes. Apesar disso, a imprensa pernambucana especula que o Sport possa ter interesse em contratá-lo. Foi no Rubro-Negro da Ilha do Retiro que o volante Givanildo encerrou sua carreira de jogador e começou a trabalhar como técnico, nos anos 80.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…