30 jul 2006 - 9h26

Manchetes atleticanas deste domingo

Com a estréia de Vadão e a volta de Dagoberto, o Atlético pretende começar a se afastar da zona de rebaixamento vencendo o Flamengo hoje, às 16 horas, na Arena. Mas enquanto o treinador chega como unanimidade, o atacante, em litígio com o clube, é uma aposta arriscada.

 

Para iniciar a reação, o Atlético trouxe Oswaldo Alvarez, o Vadão, que teve ótima passagem pelo clube entre 1999 e 2000 e outra ruim, em 2003. O novo comandante dedicou a semana a resgatar a motivação e auto-confiança do time, segundo ele bastante abaladas. “A vontade de acertar foi tanta que houve erros e precipitação nos treinos. Mas o último coletivo já foi bem melhor. O time deve ter a cara do Atlético – aguerrido, brigador, tentando sufocar o adversário”, falou o técnico.

 

O Atlético Paranaense jogará para tentar mudar de astral. Depois da saída do técnico Givanildo de Oliveira, há uma semana, após um primeiro semestre desastroso do Furacão, a chegada do técnico Oswaldo Alvarez é a esperança de dias melhores para a torcida atleticana.

 

Começa hoje uma nova era no Atlético. Assim esperam os torcedores, que ainda não viram o time vencer após a paralisação do Campeonato Brasileiro e estão cheios de expectativa pela estréia do técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão. A equipe quer carimbar a faixa do campeão da Copa do Brasil, o Flamengo.

 

A volta aos gramados do atacante Dagoberto é a grande atração do jogo entre Atlético e Flamengo, hoje, a partir das 16horas, na Baixada, válido pelo Campeonato Brasileiro. O jogador terá uma nova chance, depois da chegada do técnico Vadão, que fará sua estréia no comando do Furacão, após a saída do Givanildo Oliveira. O time vai tentar carimbar a faixa do Mengão, que acabou de conquistar o título da Copa do Brasil.

 


Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…