O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
4 ago 2006 - 18h19

Acorda, Vadão

Se por um lado Vadão demonstra coerência mantendo o goleiro Cléber, o melhor jogador do time, por outro lado manter Ivan e Danilo como titulares, é continuar insistindo no erro e arriscar ser rebaixado à segunda divisão.

A vitória contra o Flamengo foi importantíssima pela soma dos pontos contra um adversário direto em relação ao rebaixamento, mas continuou mostrando as falhas no posicionamento e lentidão do zagueiro Danilo, assim como a total falta de comprometimento com a marcação do lateral Ivan. As contratações de César e Michel foram justamente para substituir as saídas de Paulo André e Michel Bastos, sem reservas no mesmo nível. Se Vadão acerta no retorno do Alex, tentando anular as investidas do Tevez, erra ao deixar uma avenida pelo lado esquerdo da nossa defesa. Erra mais ainda deixando o Evandro fora do time, o único jogador do elenco capaz de entender a rapidez de pensamento do Dagoberto.

Sei que muitos vão argumentar que não se deve criticar um treinador que acabou de chegar e que estreou com vitória, mas não querer enxergar que a vitória contra o Flamengo, de ressaca e desfalcado só aconteceu por méritos do Cléber e do imprescindível Dagoberto, além da incompetência dos pseudo-atacantes do rubro-negro carioca, é no mínimo teimosia (ou covardia). E Vadão não é novidade para quem acompanha o Atlético há bastante tempo. Ainda tenho na memória o jogo desastroso em Ribeirão Preto, quando ele era o técnico, e perdemos para um medíocre e rebaixado Botafogo, pela insistência em manter Leonardo Valença como titular.

É verdade que aquela derrota nos levou à seletiva e à primeira Libertadores, mas o time era bem superior ao de hoje e se tivesse se classificado talvez fosse campeão. Naquela oportunidade fomos salvos pelos milagres do Flávio contra o São Paulo, e por um gol espírita do Cocito contra os verdes da segunda divisão.

Cocito não está mais, restarão os milagres do Cléber e a genialidade do Dagoberto para nos salvar. Basta? Ajuda um pouco Vadão, por favor¸ não saia como da última vez, com o time na zona de rebaixamento. Ter que chamar o Mário Sérgio de volta para não cair é muito para a sofrida torcida atleticana de 2006.



Últimas Notícias