4 ago 2006 - 19h40

Grêmio é punido e jogará com portões fechados

O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) puniu o Grêmio na tarde desta sexta-feira com a perda de oito mandos de jogo e multa de 200 mil reais por causa do vandalismo de sua torcida durante o Gre-Nal de domingo passado.

Com a decisão, o Grêmio terá que fazer oito jogos em qualquer estádio que não seja o Olímpico e com os portões fechados, começando pela partida contra o Atlético no dia 13 de agosto. Os outros jogos são contra Fortaleza, Cruzeiro, Paraná, Botafogo, Ponte Preta, Palmeiras e São Paulo. A volta para sua casa acontecerá somente contra o Figueirense, no dia 1.º de novembro, pela 32.ª rodada do campeonato.

O departamento jurídico do time gaúcho anunciou que recorrerá da decisão, mas é pouco provável que revertam a pena. Com isso, o jogo contra o Atlético terá de ser realizado em uma cidade distante a 150 km de Porto Alegre, com portões fechados. A diretoria do Grêmio não anunciou onde mandará os jogos.

Promoção

Se por um lado a decisão do STJD pode beneficiar tecnicamente o Atlético (pois o time enfrentará o Grêmio sem a pressão da torcida adversária e em outro estádio que não o do rival), por outro causa prejuízos em função da promoção "Meu pai é VIP", lançada pelo clube há alguns dias. O Atlético iria oferecer uma viagem a um pai atleticano acompanhado de seu filho para viajar a Porto Alegre e acompanhar o time no jogo contra o Grêmio, no Olímpico.

A diretoria rubro-negra ainda não se manifestou sobre o que será feito da promoção. É possível que seja mantida mesmo para o jogo contra o Grêmio, em outra cidade, ou que seja transferida para outro jogo fora de casa.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…