10 ago 2006 - 17h11

Decisão liminar sobre Dagoberto é mantida em audiência

A audiência de conciliação entre Clube Atlético Paranaense e Dagoberto Pelentier foi realizada na tarde desta quinta-feira, na 8ª Vara do Trabalho de Curitiba. No dia 6 de julho, o clube ingressou na justiça com uma ação declaratória pedindo a prorrogação do contrato do jogador por mais 348 dias. Para que o direito do Atlético não fosse prejudicado até o julgamento final do processo, o Juiz do Trabalho da 8ª Vara concedeu uma decisão liminar determinando a prorrogação contratual por mais 250 dias. A CBF foi comunicada e procedeu a alteração do prazo final do contrato de Dagoberto.

Na audiência, conduzida pelo Juiz do Trabalho Paulo Ricardo Pozzolo, não houve conciliação entre as partes. O Atlético aceitou negociar, mas os advogados de Dagoberto recusaram qualquer proposta de acordo. Isso significa que o processo seguirá o seu curso normal e será decidido com uma sentença a ser proferida posteriormente. Por enquanto, o Atlético pretende ampliar o alcance da decisão liminar anteriormente concedida para que o contrato seja prorrogado em um total de 348 dias, e não de 250 dias. Já Dagoberto, assistido pelo advogado Fernando Barrionuevo, luta pela revogação da decisão liminar – ou seja, para que seja declarado que seu contrato se encerra no dia 23/07/2007.

Antes mesmo da audiência desta quinta, Dagoberto já havia tentado a revogação da liminar. Seus advogados impetraram um Mandado de Segurança para cassar a decisão concedida pelo Juiz do Trabalho da 8ª Vara de Curitiba. Porém, no dia 17 de julho o pedido de Dagoberto foi negado pelo relator do Mandado de Segurança, Juiz Archimedes Castro Campos Júnior, do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região.

Durante a audiência, o Juiz do Trabalho informou às partes que não iria decidir sobre o pedido de revogação da liminar antes de o Atlético ter a oportunidade de se manifestar sobre a defesa apresentada por Dagoberto. Agora, o Rubro-Negro terá um prazo até o dia 30 de agosto para se manifestar sobre a resposta fornecida pelo jogador. Depois disso, o Juiz apreciará o pedido de revogação da liminar. Foi designada uma nova audiência, desta vez de instrução e julgamento, para o dia 20 de outubro de 2006.

Em outras palavras, isso significa que até o final do mês de agosto fica mantida a decisão liminar de prorrogação do contrato do atacante por mais 250 dias. Assim, o vínculo de Dagoberto com o Atlético permanece até 29 de março de 2008, pelo menos até o final deste mês.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…